Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

NOVO MERIVA: CAMPEÃO DA VERSATILIDADE.

7/Jan/2010

  • Inovação: múltiplas soluções inéditas dilatam liderança em versatilidade;
  • Portas traseiras com abertura para trás melhoram acesso ao habitáculo;
  • Estreia mundial no Salão de Genebra, no dia 4 de Março.

A criar novos padrões de utilização variável do espaço

Rüsselsheim. Inovador, versátil e elegante: A segunda geração Opel Meriva, cuja estreia mundial está marcada para o Salão Internacional do Automóvel de Genebra, em Março, prepara-se para criar novos padrões em matéria de versatilidade automóvel, recorrendo a múltiplas soluções inovadoras criadas para optimizar a utilização variável do espaço.

 

Depois de ter sido pioneira na versatilidade a bordo com o monovolume compacto de sete lugares Zafira, em 1999, a Opel criou um novo segmento de mercado para monovolumes pequenos e acessíveis em 2003 quando lançou a primeira geração do modelo Meriva. Graças a um sistema revolucionário de modularidade dos bancos traseiros, designado FlexSpace, o Meriva tornou-se grande em versatilidade e pequeno em tamanho.

Esta fórmula de sucesso catapultou o modelo para a liderança persistente no segmento dos pequenos monovolumes, com as vendas no mercado europeu a ultrapassarem 1 milhão de unidades.

 

A segunda geração Meriva eleva a fasquia em matéria de versatilidade, num automóvel acessível. Desde logo, o novo modelo da Opel apresenta uma inovação de grande destaque: portas traseiras de abertura para trás – uma estreia entre os construtores automóveis de volume. Por seu turno, o sistema FlexSpace recebeu novas evoluções que o tornam ainda mais intuitivo e fácil de manusear. Para além disso, o modelo da Opel garante muito espaço no interior e novas soluções para arrumar objectos, como uma consola central regulável colocada sobre calhas no piso, um sistema versátil de disposição de bagagens e um sistema de transporte de bicicletas no exterior, cujo suporte, tipo gaveta, sai debaixo do compartimento da bagageira.

 

A versatilidade do novo Meriva ganha também com design cuidado e moderno, à luz das mais recentes tendências da Opel, tanto nas linhas exteriores como no habitáculo. A silhueta monovolume é fluida, elegante e dinâmica. Nas portas traseiras, a linha inferior das janelas revela uma onda estilizada que pretende sublinhar a existência das portas de abertura antagónica, ao mesmo tempo que melhora a visibilidade dos passageiros de trás, especialmente das crianças.

A nova referência em versatilidade a bordo

«Com os conceitos dos bancos Flex7 do Zafira e FlexSpace do Meriva, inventámos um novo tipo de versatilidade a bordo, completamente integrada», afirma Alain Visser, Vice-Presidente da Opel/Vauxhall para as Vendas, Marketing e Pós-venda. «Com o novo Meriva, quisemos criar o campeão da indústria automóvel em versatilidade. Não vejo qualquer outro automóvel capaz de oferecer um tão grande número de ideias capazes de tornarem a vida das pessoas mais fácil.»

 

A versatilidade foi levada a um expoente máximo no novo Meriva. O inovador sistema FlexSpace de modularidade do banco traseiro, revelado na primeira geração Meriva, recebeu novas evoluções, requerendo agora ainda menor esforço para colocar os bancos nas várias posições possíveis ou para os rebater. O sistema tornou-se mais intuitivo e mais fácil de utilizar.

 

Um pouco por todo o habitáculo, aumentaram os espaços de arrumação destinados aos mais variados objectos. Aqui assume particular destaque o novo sistema FlexRail, composto por compartimentos intermutáveis colocados sobre o túnel central, que podem deslizar sobre calhas, para a frente ou para trás.

 

À frente, os bancos de generosas proporções são semelhantes os dos novos Astra e Insignia. Possuem um vasto leque de regulações (entre as quais, 240 mm no sentido longitudinal e 65 mm em altura), o que permite maximizar o conforto, ajustando-se a ocupantes de todas as estaturas. Também novo no Meriva é o sistema FlexFix de transporte de bicicletas, que já existe em opção no Corsa e no novo Astra.

Entrada numa nova era de portas

O Meriva abre uma dimensão totalmente nova em acesso aos lugares traseiros graças às portas de abertura antagónica (por oposição às da frente, as portas traseiras abrem para trás). O conceito que a Opel designa de FlexDoors é uma estreia num produto de um construtor de volume. Ao contrário dos poucos sistemas de portas antagónicas que se conhecem, o FlexDoors possui portas de dimensões normais que abrem de forma independente sem necessidade de fechaduras que pressupõem a sobreposição das portas da frente. A existência de pilares B convencionais permite a autonomia de abertura independente de qualquer uma das portas, ao mesmo tempo que garante maior rigidez da estrutura e melhor protecção contra impactes laterais.

 

O conceito FlexDoors oferece enorme funcionalidade, facilitando ao máximo as entradas e saídas do habitáculo.

A colocação das dobradiças no pilar C também deixa mais espaço para os movimentos dos pés dos passageiros de trás. As portas abrem a um ângulo de 84 graus, muito superior ao das portas tradicionais, que se ficam por um leque de 68 a 70 graus. Registe-se que os passageiros da frente também beneficiam de portas com o mesmo ângulo de abertura de 84 graus. Para além de facilitar o acesso ao habitáculo, o novo conceito da Opel também se revela mais ergonómico numa larga variedade de utilizações, mesmo que seja a simples operação de colocar um casaco no banco traseiro ou uma pasta atrás dos bancos dianteiros.

 

Outro dos factores positivos do conceito FlexDoors é o incremento da segurança, especialmente quando é utilizado por famílias com crianças. Os pais acedem ao banco traseiro com maior facilidade para fixar cadeiras e cintos de segurança, ao mesmo tempo que as crianças ficam mais resguardadas quando entram ou saem do automóvel. Por exemplo, quando ambas as portas da frente e de trás estão abertas, fica criada uma zona de segurança onde o adulto não está separado da criança por uma porta. Isto evita que a criança avance sem tutela para a rua ou o passeio. O sistema de fechaduras possui dispositivos patenteados que optimizam a segurança.

 

Desde 2006, a Opel veio efectuando testes de mercado junto de potenciais clientes, obtendo reacções muito positivas ao novo conceito de portas para o Meriva.

O primeiro monovolume com o novo design da Opel

Por dentro e por fora, o Meriva exibe a elogiada linguagem de design da Opel – “Arte escultural aliada à precisão alemã” – com o mesmo foco na qualidade revelada pelo Insignia e pelo novo Astra.

 

Os designers da Opel criaram um monovolume dinâmico e elegante. A linha de tejadilho, mais baixa e suave, conjugada com a assinatura do motivo da “lâmina” nos flancos e a onda criada na base das janelas das portas traseiras conferem ao Meriva um visual moderno e original.

 

As portas FlexDoors convidam a entrar num habitáculo onde predominam linhas fluidas e harmoniosas. O tabliê envolve os ocupantes dos bancos da frente e acentua a sensação de espaço, para o que contribui a consola central colocada em plano mais inclinado que o normal.

 

O novo Meriva oferecerá um total de seis opções de decoração, com cores e revestimentos diferentes, naquele que será o leque mais alargado de sempre em qualquer modelo Opel. Os padrões elevados de montagem e de acabamentos, os materiais e a disposição dos comandos são típicos de modelos mais dispendiosos.

Gama de seis motores amigos do Ambiente

O novo Meriva beneficia de distância entre eixos e vias mais largas por comparação com o actual, o que lhe confere melhor comportamento dinâmico e um nível mais elevado de conforto.


A gama de motores compreende unidades sobrealimentadas, especialmente eficientes, abrangendo uma faixa de potências que vai de 75 a 140 cavalos. A oferta incluirá uma versão ecoFLEX particularmente económica. A escolha de transmissões engloba caixas manuais de cinco e seis velocidades, bem como uma caixa automática de seis velocidades.


Desenhado e desenvolvido no Centro de Engenharia da Opel em Rüsselsheim, na Alemanha, o novo Meriva será produzido na fábrica espanhola da Opel em Saragoça, tendo início de comercialização agendado para o próximo Verão.