Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

ECOFLEX EXPERIENCE: FINAL DA COMPETIÇÃO.

O condutor mais ecológico da Europa é português!

26/Jul/2010

  • António Gonçalves, vencedor absoluto, ganha um Opel Ampera;
  • Condutor português foi o único a entrar na faixa de 3 litros/100 km;
  • Dinamarquês Yakup Pelit (2º) e finlandês Keijo Tapio Leppävuori (3º) ganharam um Opel Astra ecoFLEX e um Opel Corsa ecoFLEX, respectivamente.

O português António Gonçalves venceu a Final da competição europeia ‘Opel ecoFLEX Experience’, que se realizou no passado fim-de-semana em Malmö, na Suécia.


No conjunto de quatro etapas independentes muito exigentes, realizadas sob condições diferentes ao volante de modelos ecoFLEX da Opel – Corsa, Meriva, Astra e Insignia – António Gonçalves superou os outros 19 concorrentes representantes de outros tantos países e foi o único a conseguir realizar uma média final de consumo dentro da faixa de 3 litros/100 km.


Com o tema ‘Green Drivers: Wanted!’, a Opel iniciara há cerca de dois meses uma competição a nível europeu destinada a promover a condução ecológica e a provar que, com boas práticas e automóveis adequados, é possível ir mais longe na redução de emissões de CO2.


A marca alemã recebeu mais de 70.000 inscritos no evento, tendo posteriormente sido apurado um finalista por país através de processos de selecção nacionais realizados em 20 países. Os 20 finalistas encontraram-se na pista de Sturup, em Malmö, na Suécia, no final da semana passada. Cumpridos dois dias de provas muito disputadas, o português António Gonçalves saiu vencedor, tendo-lhe sido entregue uma chave simbólica de uma das primeiríssimas unidades do Opel Ampera, modelo cujo início de produção está agendado para o próximo ano. O novo automóvel eléctrico da Opel, dotado de extensor de autonomia, é o primeiro do género na Europa a ser produzido em série e chegará aos mercados no final de 2011.

«Queria muito ganhar esta competição porque admiro muito o Ampera», afirmou António Gonçalves mostrando a chave simbólica do seu novo automóvel eléctrico. «Durante toda a prova concentrei-me na regularidade e numa condução muito suave. Apesar da tensão, porque os meus adversários eram de respeito, acabei por me divertir. A condução com consciência ecológica não precisa de ser monótona», completou António Gonçalves sem disfarçar o orgulho.

 

Os segundos e terceiros classificados no ‘Opel ecoFLEX Experience’ também tiveram razões para comemorar. Yakup Pelit, da Dinamarca, ganhou um Opel Astra 1.3 CDTI ecoFLEX. Este novo modelo, com motor de 95 cv de potência, consome apenas 4,1 litros de gasóleo por cada 100 km, o que corresponde a emissões exemplares de CO2 de apenas 109 g/km.

 

O terceiro lugar foi para o finlandês Keijo Tapio Leppävuori, que recebeu como prémio um Corsa 1.3 CDTI ecoFLEX (3,7 l/100, 98 g/km de CO2).

Quatro provas exigentes

Os concorrentes foram chamados a demonstrar as suas capacidades de condução económica em quatro etapas com provas específicas. A primeira recorreu a unidades Corsa ecoFLEX e reproduziu um verdadeiro percurso citadino com semáforos, rotundas, passagens estreitas, e limites de velocidade, não faltando sequer duas manobras de estacionamento com penalizações consoante a distância aos obstáculos. Nesta prova, António Gonçalves começou logo por se destacar (média de 4,25 l/100), vencendo com larga vantagem sobre o finlandês Leppävuori (4,41 l/100) e o esloveno Urban Gostencnik (4,56 l/100).


Para simular uma viagem de estrada em velocidade de cruzeiro, a prova seguinte, com carrinhas Insignia Sports Tourer 2.0 CDTI ecoFLEX, foi composta de oito voltas à sinuosa pista de Sturup, com um limite mínimo de tempo por cada volta. O vencedor desta etapa foi o dinamarquês Yakup Pelit, com uma média final de 4,31 l/100, cabendo o segundo lugar ao português António Gonçalves, com 4,61 l/100.


A terceira prova constituiu um desafio baseado na autonomia para apurar quem chegaria mais longe com apenas meio litro de gasóleo. Ao volante de unidades Meriva 1.3 CDTI ecoFLEX, os concorrentes cumpriram uma variante ainda mais sinuosa da pista, tendo-se destacado o sueco Jesper Forsberg, que venceu ao atingir 18,13 km (média de consumo de 2,75 l/100). Nesta prova, António Gonçalves classificou-se em sexto lugar, com uma distância percorrida de 16.56 km (3,01 l/100).

Na quarta e última etapa, os 20 concorrentes utilizaram 20 Astra 1.3 CDTI ecoFLEX. O desafio constou de uma corrida em que o objectivo era cumprir 20 voltas ao circuito de Sturup o mais rapidamente possível com apenas 1,6 litros de combustível.


Decidido a gerir a vantagem acumulada, António Gonçalves, que partiu da ‘pole-position’, optou por uma estratégia sem demasiados riscos. «Quem estava sob maior pressão eram os meus adversários directos, que teriam de terminar à minha frente, correndo o risco de ficarem sem combustível antes da meta.» O português calculou uma média de consumo conservadora, que teria que manter durante toda a prova, e executou a estratégia exibindo enorme regularidade volta após volta, controlando simultaneamente o desempenho dos adversários.


Gonçalves cortou a meta em 5º lugar, ainda com uma reserva superior a um decilitro de combustível, tendo cumprido as 20 voltas em 44 minutos e 27 segundos, com uma média de consumo de 3,92 l/100, contra 43m 19s e 4,05 l/100 do vencedor desta etapa, Urban Gostencnik, da Eslovénia.


No final, feitas as contas aos resultados das quatro provas, o equilíbrio ideal entre a poupança de combustível e a rapidez deu vantagem ao representante de Portugal, que, com um total de 178,77 pontos e uma média global de 3,95 l/100, sagrou-se grande vencedor do ‘Opel ecoFLEX Experience 2010’, à frente do dinamarquês Pelit (173,78 pontos e 4,04 l/100), do finlandês Leppävuori (173,71 pontos e 4,00 l/100), do esloveno Gostencnik (166,97 pontos e 4,25 l/100) e do italiano Bochicchio (142,18 pontos e 4,23 l/100).


O interesse suscitado pelo ‘Opel ecoFLEX Experience’ excedeu todas as expectativas. Na Alemanha, a competição registou quase 19.000 inscritos, enquanto que no Reino Unido, em França, na Turquia e em Itália o número de participantes locais excedeu os 5 mil. Em Portugal houve mais de 4 mil inscritos, entre os quais o vencedor da fase final, António Gonçalves. Até à data, o sítio de Internet do ‘Opel ecoFLEX Experience’ já regista cerca de 2,5 milhões de visitas.

Condução ecológica - hoje e amanhã

O enorme sucesso da iniciativa europeia da Opel sublinha a importância crescente e a popularidade de automóveis económicos. A Opel dispõe de uma gama completa de versões ecoFLEX dos modelos Corsa, Meriva, Astra e Insignia, incluindo motorizações alternativas alimentadas a gás de petróleo liquefeito e gás natural comprimido.

 

O primeiro prémio do ‘Opel ecoFLEX Experience’, o Opel Ampera, demonstra que a Opel tem uma estratégia efectiva de alargar a oferta de produtos cuja tecnologia lhes permite reduzir a pegada ambiental. O automóvel eléctrico Opel Ampera, equipado com extensor de autonomia, será o primeiro veículo eléctrico a oferecer uma utilização diária sem restrições.