Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

NOVO MOVANO: TRABALHO NUNCA É DEMAIS.

22/Mar/2010

  • Vasta gama de versões de carroçaria para todos os tipos de utilização
  • Disponível com tracção dianteira ou traseira
  • Peso bruto até 4,5 t, capacidade de carga até 17 m3 e carga útil até 2,5 t
  • Novas motorizações com baixos consumos e baixos custos de manutenção
  • Interior ergonomicamente optimizado, focado no conforto
  • Excelentes custos de utilização e economia
Novo Opel Movano: trabalho nunca é demais

Com tecnologias inovadoras e excelentes níveis de funcionalidade e economia, a segunda geração do Opel Movano lança uma lufada de ar fresco sobre o mercado europeu de veículos comerciais ligeiros.

 

A estreia deste versátil furgão assinala uma nova estratégia de modelos da Opel, com o objectivo de fortalecer e expandir a sua gama de veículos comerciais.

 

A marca está a ampliar as suas actividades num domínio em que goza de grande tradição e tem uma experiência com provas dadas. Nesse sentido, os objectivos são ambiciosos: em 2013, o novo Movano pretende duplicar o volume anual de vendas de 10.000 a 15.000 unidades registado pelo modelo anterior na Europa.

Vantagens competitivas: design, habitáculo e variedade de modelos

Vantagens competitivas: design, habitáculo e variedade de modelos

O novo Movano tem uma frente expressiva que lhe empresta uma aparência distinta. Com elementos de estilo típicos como a grelha trapezoidal, a barra horizontal cromada com o logótipo redesenhado da Opel e o vinco na parte dianteira do capô, o Movano é um óbvio representante da marca.

 

Os engenheiros e técnicos de design deram especial atenção ao design interior da cabina, que é 5,7 cm mais comprida do que no modelo anterior e dotada de materiais e superfícies duráveis de alta qualidade, numa excelente visibilidade panorâmica e num grande número de práticos compartimentos de arrumação.

 

O novo Movano possui igualmente bancos com várias opções de regulação e uma coluna da direcção de altura regulável que garante a qualquer condutor uma posição de condução confortável.

O novo Opel Movano dispõe da mais vasta gama de versões de carroçaria do mercado de veículos comerciais, com um modelo para cada perfil de utilizador específico. A gama inclui versões de carroçaria fechada (disponíveis em quatro comprimentos e com três alturas de tejadilho), chassis-cabina simples e chassis-cabina dupla, bem como versões "combi" (passageiros). Estas variantes estão equipadas para conversões ou modificações especiais, e certas versões especiais - como a de caixa de descarga lateral e a de caixa basculante - encontram-se disponíveis como opções de fábrica.

 

O novo Movano tem agora quatro opções de comprimentos diferentes, que vão até mais de 4 metros de comprimento de carga, e um maior volume de carga, até 17 m3 na versão L4. A mais recente geração Movano inclui igualmente versões de tracção traseira, com rodado traseiro simples e duplo, numa vasto conjunto de pesos brutos até às 4,5 toneladas.

Plataforma versátil com tracção dianteira e traseira

Plataforma versátil com tração dianteira e traseira

Pela primeira vez, e graças a uma invulgar plataforma modular, o novo Movano acrescenta à gama versões de tração às rodas traseiras (RWD), para além dos modelos de tração dianteira (FWD). As variantes com tração traseira proporcionam melhor motricidade em pisos sem alcatrão e aumentam a capacidade de reboque.

 

As versões de carroçaria fechada, chassis-cabina e chassis-cabina dupla estão disponíveis com rodado traseiro duplo. Este tipo de rodado é de série nos modelos com um peso bruto de 4,5 t e opcional nos modelos de 3,0 t.

 

Os modelos com tração dianteira possuem motores de montagem transversal, enquanto as versões de tração traseira apresentam motores de montagem longitudinal.

Os melhores valores em termos de área e capacidade de carga

Os melhores valores em termos de área e capacidade de carga

As áreas de carga das versões de carroçaria fechada oferecem as melhores acessibilidade, facilidade de carga, altura interior e capacidade de carga da classe. Com um comprimento máximo da área de carga de 4,4 m, o novo Movano pode acomodar até 17 m3 de volumes. O peso bruto pode chegar às 4,5 t e a carga útil às 2,5 t, consoante a versão da carroçaria.

 

O novo Movano tem também um excelente desempenho como veículo de reboque, sendo capaz de rebocar até 3,0 t. O peso bruto máximo com reboque ascende agora a 7,5 t.

 

A par das capacidades e das dimensões, a ergonomia e a funcionalidade desempenham um papel fundamental no mercado dos furgões. O novo Opel Movano é extremamente prático para o trabalho do dia-a-dia. Os modelos de tracção dianteira apresentam planos de carga baixos para facilitar o acesso à área de carga. Ao mesmo tempo, as portas laterais deslizantes e as portas traseiras com grandes ângulos de abertura maximizam a comodidade das operações de carga e descarga. As portas traseiras têm um ângulo de abertura de série de 180 graus, que pode, opcionalmente, aumentar para 270 graus.

 

A porta lateral deslizante de série cria uma abertura com uma largura máxima de 1270 mm (1050 mm nas versões L1), que permite carregar europaletas pelo lado, e tem uma altura máxima de 1780 mm. Na retaguarda, a ampla abertura das portas traseiras (1580 mm), a altura máxima do compartimento (1820 mm) e a maior largura para instalação de carga entre os arcos das rodas (1380 mm) facilitam as operações de carga. Simultaneamente, os lados planos da carroçaria asseguram um aproveitamento eficiente do espaço.

Eficiência e força: nova geração de motores CDTI

Eficiência e força: nova geração de motores CDTI

Uma nova família de motores Diesel common-rail de quatro cilindros (2.3 CDTI) garante baixos valores de consumo de combustível e de emissões. Os motores estão disponíveis em três níveis de potência: 74 kW (100 cv), 92 kW (125 cv) e 107 kW (146 cv).

 

Com um depósito de gasóleo de 105 litros (opcional), a autonomia ronda os 1400 km. Foi dada grande atenção à necessidade de garantir um baixo consumo de combustível em condições de funcionamento reais, e não apenas em conformidade com o ciclo misto europeu.

 

Apesar de terem menor cilindrada do que o modelo anterior, os motores 2.3 CDTI produzem maiores níveis de binário nos regimes mais baixos, emitem menos CO2 e percorrem mais quilómetros por cada litro de combustível. Além disso, para permitir menores custos de manutenção, o trem de válvulas é comandado por corrente.

Todas as versões estão equipadas com caixa manual de seis velocidades, estando a caixa manual robotizada Easytronic, que combina a alta eficiência com a maneabilidade cómoda de uma caixa automática, disponível em opção para as duas versões mais potentes. Os três motores cumprem as normas de emissões Euro 4. Por último, os motores podem ser encomendados com um filtro de partículas Diesel.

 

No segundo semestre de 2010, será lançada outra versão particularmente económica e com baixas emissões de CO2.

Excelente economia graças a baixos custos de utilização

Excelente economia graças a baixos custos de utilização

O novo Opel Movano estabelece novos padrões em termos de economia.

 

A chave para este estatuto reside na excelente qualidade da fabricação e nas características do produto em si, que oferece elevada fiabilidade, longa vida útil e um alto valor residual.

 

O Movano reduz também os custos com peças sobresselentes e de desgaste. Os componentes dos travões e da embraiagem foram concebidos para serem extremamente duráveis.

 

Os custos de manutenção são igualmente reduzidos: a mudança do óleo só tem de ser feita em cada 40.000 km, ou uma vez por ano, e o líquido de refrigeração só precisa de ser mudado após 160.000 km (modelo anterior: 120.000 km).

O novo Movano regista ainda os menores valores de consumo de combustível e de emissões do seu segmento (a partir de 7,8 l/100 km e 203 g/km de CO2), sendo, por isso, a escolha ideal nos países com regimes de tributação baseados nas emissões de CO2. A nova geração consegue reduzir os custos totais de operação em quase 10% face ao modelo anterior. As despesas de operação são calculadas adicionando os custos de manutenção, de peças de desgaste, de seguro, de desvalorização e de combustível durante quatro anos ou 150.000 km.

 

O novo comercial da Opel foi concebido para ter uma durabilidade exemplar, com uma vida útil de 400.000 km. Só os custos de manutenção e com peças de desgaste do novo Movano são 24% inferiores aos do modelo anterior.

Condução refinada e altas reservas de segurança

Condução refinada e altas reservas de segurança

O avançado chassis do Opel Movano está preparado para proporcionar agilidade e conforto, tanto em carga máxima como em vazio. Esta característica alia-se a um elevado nível de segurança: os travões ABS com distribuição electrónica da força de travagem (EBD) são de série em todos os modelos.

 

O programa de estabilidade electrónico ESP é também de série em todos os modelos de tração traseira, estando disponível como equipamento opcional nas variantes de tração dianteira.

 

Os sistemas de segurança passiva incluem um airbag do condutor de série, assim como cintos de segurança de três pontos com tensores e limitadores de esforço. Opcionalmente, é possível encomendar outros elementos, como o airbag do passageiro, os airbags laterais integrados nos bancos ou os faróis com luzes de viragem.

«O mercado europeu de veículos comerciais tem uma grande importância estratégica para a Opel», afirma Chris Lacey, director de veículos comerciais da Opel/Vauxhall. «A renovação da nossa linha de produtos neste importante segmento dos veículos comerciais, reflecte claramente as nossas ambições de crescimento neste domínio, de consolidação da nossa posição no mercado e, em última análise, de contribuirmos ainda mais para o sucesso da companhia. Isso passa também pelo crescimento e pelo reforço focalizados das nossas vendas e da rede de distribuidores no segmento dos veículos comerciais.»

 

«O novo Movano ocupa um papel-chave nos nossos planos de vendas de 2010 em diante. Devido às suas qualidades em domínios fundamentais - o excepcionalmente vasto leque de versões, a economia exemplar graças aos baixos custos de utilização e manutenção, a funcionalidade de ponta e a ergonomia da cabina -, o novo Movano tem tudo o que é preciso para se posicionar no topo do segmento dos veículos comerciais ligeiros», conclui Chris Lacey.