Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

NOVO AEROPORTO DE BERLIM TESTA OPEL HYDROGEN4.

13/Dez/2011

  • Na vanguarda da protecção do ambiente;
  • Aeroporto de Berlim Brandemburgo (BER) tem o primeiro posto de abastecimento neutro em CO2, com hidrogénio ‘verde’.
Novo aeroporto de Berlim testa Opel HydroGen4

A Opel continua a alargar o seu programa de testes em condições reais com automóveis com pilha de combustível. O vice-presidente da Opel para os Assuntos Governamentais, Volker Hoff, fez a entrega formal de uma unidade HydroGen4 aos Aeroportos de Berlim. «Este protótipo avançado, alimentado a hidrogénio, vai contribuir para recolhermos ainda mais dados sobre a utilização diária desta tecnologia futurista», afirma Hoff. «Esta é mais uma iniciativa no âmbito do programa Clean Energy Partnership.

 

O BER é um parceiro ideal já que possui o primeiro posto de abastecimento do mundo que é neutro do ponto de vista de CO2. O hidrogénio verde deste posto de abastecimento da Total é produzido a partir de energia eólica fornecida pela Enertrag. Ambas as empresas, Total e Enertrag, são também parceiras do nosso programa de testes. Agora, contando com o BER como novo parceiro, completamos o círculo da mobilidade sustentável». O programa da Opel de testes em situações reais de utilização de automóveis a pilha de combustível decorre desde 2008.

Manfred A. Körtgen, director-geral da BBI, empresa responsável pela operação dos aeroportos de Berlim, afirma que a eficiência energética e a sustentabilidade são os objectivos dos aeroportos de Berlim. «Pretendemos tornar o novo aeroporto de Berlim Brandemburgo no mais moderno aeroporto da Europa, sustentado na liderança em protecção ambiental e dos seus recursos. Obviamente, isso aplica-se também à frota que utilizamos no aeroporto, privilegiando a propulsão alternativa. A nossa colaboração com a Opel e o teste de longa duração que vamos realizar com o HydroGen4 a hidrogénio dá-nos a grande oportunidade de comprovar as vantagens desta nova tecnologia de propulsão na utilização diária no aeroporto.»

 

O novíssimo aeroporto de Berlim Brandemburgo (BER) estará totalmente operacional no dia 3 de Junho de 2012 e substituirá os actuais aeroportos de Tegel e de Schönefeld. Além do BER, participam no programa de testes empresas e entidades como o ADAC, Allianz, Axel Springer AG/Bild, Coca-Cola, Hilton, Linde, Pace, Schindler, Veolia e NH Hotel Friedrichstrasse, utilizando unidades Opel HydroGen4 nas suas frotas. O programa conta também com o envolvimento de instituições públicas como o Gabinete Federal do estado de Hesse. O Clean Energy Partnership é um projecto promovido pelo Ministério Federal dos Transportes, Construção e Urbanismo que coloca em evidência a utilização diária do hidrogénio como combustível para a mobilidade. Este programa de desenvolvimento é o maior do género à escala europeia.

O Opel HydroGen4 é a versão mais recente que resulta da investigação da Opel e da General Motors no domínio da pilha de combustível a hidrogénio. A pilha é constituída por um conjunto de 440 células ligadas em série que geram electricidade para alimentar um motor eléctrico síncrono. Com 73 kW (100 cv) de potência, este motor consegue acelerar o HydroGen4 de 0 a 100 km/h em 12 segundos e levá-lo a atingir a velocidade máxima de 160 km/h. O automóvel possui três depósitos com capacidade para um total de 4,2 kg de hidrogénio armazenado a alta pressão, facultando uma autonomia até 320 quilómetros. Os depósitos são construídos em materiais compósitos de carbono. O reabastecimento de hidrogénio demora apenas três minutos graças à pressão de funcionamento a 700 bar. A Opel foi um dos protagonistas no desenvolvimento desta tecnologia.