Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

GAMA INSIGNIA JÁ TEM A VERSÃO A GASOLINA MAIS ECONÓMICA.

15/Nov/2011

  • Insignia 1.4 Turbo Start/Stop é o mais eficiente do segmento;
  • Motor a gasolina com a mais recente tecnologia debita 140 cv;
  • Consumo médio de apenas 5,7 l/100 km;
  • Disponível nas variantes berlina (4 portas) e station wagon (Sports Tourer).
Opel Insignia 1.4 Turbo - Notícias Opel

Ultrapassada a barreira de 440.000 unidades vendidas na Europa, a gama do modelo Opel Insignia renova-se com a introdução de novos motores. Ao mercado português chega agora o Insignia 1.4 Turbo, equipado com novas tecnologias que enquadram o modelo na mais recente filosofia da Opel: garantir baixos consumos e emissões, sem prejudicar as performances.


O sistema Start/Stop, a nova direcção assistida eléctrica, os painéis aerodinâmicos sob a carroçaria, bem como o apuramento do funcionamento do motor em todos os sentidos, são apenas alguns dos aspectos que o tornam este automóvel a gasolina no mais eficiente do segmento dos familiares.


O novo Opel Insignia 1.4 Turbo regista um consumo médio de apenas 5,7 l/100 km e emissões de CO2 de 134 g/km. Pode atingir a velocidade máxima de 205 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 10,9 segundos.

O balanço face à anterior versão 1,8 litros ‘atmosférica’ – que não era comercializada em Portugal – indica uma redução das emissões e dos consumos superior a 25%. Para o mesmo nível de potência, o Insignia 1.4 Turbo consume menos dois litros/100 km e as emissões de CO2 são inferiores em 45 gramas. A variante Sports Tourer é também líder em economia no segmento médio das station wagon a gasolina, com 5,9 l/100 km e 139 g/km de emissões de CO2.


O novo Opel Insignia 1.4 Turbo está disponível no mercado português nas versões Edition e Executive. Tal como nas restantes propostas da gama, sobressai por oferecer um equipamento de série completo, onde se inclui ar condicionado de comando electrónico, vidros eléctricos, programador de velocidade, faróis com sensor de luz, rádio-leitor de CD e ficheiros MP3 com entrada AUX para dispositivos portáteis, entre muitos outros.


O novo Opel Insignia 1.4 Turbo Edition é proposto ao preço de 27.140 euros na versão de 4 portas e de 28.440 euros na variante Sports Tourer.

Opel Insignia 1.4 Turbo - Notícias Opel

Tecnologia Start/Stop reduz consumo no tráfego urbano

O reforço da economia do motor 1.4 Turbo é também dado pela inclusão de tecnologia Start/Stop, que se estreia na gama Insignia e surge com evidentes benefícios, especialmente no trânsito citadino. Assentando sob o princípio de quando o motor não está a funcionar não consome combustível, o sistema desliga de forma automática o motor quando a alavanca da caixa de velocidades é colocada em ponto morto e quando o condutor deixa de pressionar o pedal da embraiagem. Esta fase é indicada no conta-rotações como ‘Autostop’, as vantagens desta tecnologia vão além da economia de combustível e passam também pela redução dos níveis de emissões e de ruído, factores vantajosos para o meio-ambiente. O motor é colocado de novo em funcionamento automaticamente quando o condutor pressiona o pedal da embraiagem.


Por razões de segurança, e para maior conforto dos passageiros, o sistema mantém activos os comandos da climatização e do vácuo do servo-freio durante a fase de paragem automática do motor. Sempre que considere necessário, o condutor pode desactivar manualmente o sistema premindo a tecla «eco».

Opel Insignia 1.4 Turbo - Notícias Opel

Motor optimizado em todas as áreas

O sistema de gestão electrónica incluído no motor 1.4 Turbo foi projectado para alcançar um controlo de combustão extremamente preciso, articulando de forma ideal o funcionamento do turbocompressor com a injecção de combustível. O atrito dos componentes internos móveis do motor foi minimizado. Adoptando o mais recente conceito de distribuição, o accionamento das válvulas é efectuado por duas árvores de cames à cabeça com comando variável de ambos os lados, admissão e escape.


A bomba de óleo, de débito variável, alimenta o motor com a quantidade necessária de lubrificante consoante os regimes de carga. O funcionamento desta bomba está em articulação com o sistema de arrefecimento. Em situações de plena carga, o motor é arrefecido com água a 90 ºC; em carga parcial (velocidade constante), a temperatura do motor é mantida nos 105 ºC, o que reduz ligeiramente a viscosidade do óleo e, consequentemente, produz uma redução de atrito no interior do motor.


A variação da tensão de corrente que flui do alternador para a bateria é efectuada também com o objectivo de reduzir consumos e emissões. Graças à tecnologia de regulação de voltagem RVC, o alternador funciona com cargas ajustadas às necessidades e não precisa de estar a recarregar a bateria em permanência com energia de que esta não necessita. A resistência que o alternador introduz na cadeia de componentes externos do motor é reduzida, em benefício de maior economia de combustível.


No capítulo da transmissão, a caixa de seis velocidades possui relações optimizadas, o que constitui outro factor determinante para a redução dos consumos, mas sem que isso seja obtido à custa das performances. O Insignia 1.4 Turbo acelera de 0 a 100 km/h em 10,9 segundos e atinge 205 km/h de velocidade máxima (Sports Tourer: 11,9 segundos e 200 km/h, respectivamente).

Opel Insignia 1.4 Turbo - Notícias Opel

Nova direcção assistida eléctrica REPS

Além da tecnologia Start/Stop, o novo sistema de direcção de cremalheira REPS (Rack Assist Electric Power Steering), assistida electricamente, equipa pela primeira vez a gama Insignia.


A assistência da direcção variável com a velocidade garante uma dinâmica de condução superior ao permitir o doseamento preciso da assistência eléctrica da direcção e maior rapidez de resposta. Um conjunto de sensores monitoriza os movimentos, o binário e a velocidade aplicados ao volante. A assistência da direcção só é activada mediante solicitação, permitindo reduzir o consumo de combustível e das emissões de CO2 ao suprimir o funcionamento constante de uma bomba servo-hidráulica. A ligação do automóvel ao solo está a cargo de pneus 225/50 R 17 de baixa resistência ao rolamento.

Sistemas de navegação e infoentretenimento de nova geração

Nos novos sistemas de navegação e infoentretenimento Navi 600 e Navi 900 todo o material cartográfico pode ser descarregado para o disco rígido do sistema através da ligação USB. A conectividade USB, situada no compartimento do apoio de braços central dianteiro, acrescenta a possibilidade de transferência e adição de mais pontos de interesse (POI) ao sistema de navegação. O cálculo das rotas passa igualmente a contar com a função de selecção do percurso mais económico, ou seja, aquele que implica menor consumo, e que complementa a opção de cálculo dos trajectos mais rápidos ou mais curtos.


O sistema Navi 900 inclui também as funções de reconhecimento de voz e diário de bordo – este último com a possibilidade de separação das viagens particulares das deslocações profissionais. O alerta configurável de POI nas proximidades alerta o condutor através de um sinal sonoro, texto ou janela ‘pop-up’ no ecrã. O sistema de áudio de alta-fidelidade Infinity vai ao encontro das expectativas dos audiófilos e está disponível em opção.