Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

ASTRA MAIS ECONÓMICO DE SEMPRE EM PORTUGAL.

6/Out/2011

  • Astra ecoFLEX com 130 cv consome apenas 3,7 l/100 de gasóleo;
  • Novas tecnologias no motor 1.7 CDTI incluem regeneração de energia na travagem e sistema Start/Stop;
  • Aerodinâmica revista visa optimização dos consumos e da gestão térmica do motor;
  • Preço de 25.150 € e nível de equipamento completo.

O mais ecológico e económico Opel Astra de sempre chegou ao mercado português. A nova versão ecoFLEX do familiar compacto consome apenas 3,7 litros de gasóleo por cada 100 quilómetros no ciclo misto e emite apenas 99 gramas de CO2 por quilómetro. O Astra 1.7 ecoFLEX de cinco portas torna-se, assim, numa das referências do segmento, destacando-se por não sacrificar as performances em favor das emissões e da economia de combustível.


Os 130 cv da nova versão ecoFLEX do Astra situam-se num patamar francamente superior face à potência média de 105 cv de outros familiares compactos criados mediante a filosofia de baixas emissões. A elevada potência, conjugada com um elevado binário máximo de 300 Nm, proporciona índices superiores de performance e dinâmica de condução. O Astra equipado com motor turbodiesel 1.7 CDTI está dotado das mais recentes tecnologias que garantem maior eficiência e chega ao mercado português com um preço de 25.150€.


«A nossa estratégia de desenvolvimento de versões ecoFLEX de menor impacte ambiental está a tornar-se cada vez mais abrangente. Ao contrário de outros produtos no mercado, os nossos modelos menos poluentes e mais económicos não sacrificam as performances. Pelo contrário, conseguimos aumentar a potência dos motores e diminuir os consumos, utilizando tecnologias que antes só estavam disponíveis em segmentos de mercado superiores», explica Guillermo Sarmiento, Director-Geral da Opel Portugal.


Os componentes aerodinâmicos activos, o evoluído sistema de regeneração da energia na travagem e a redução da resistência ao rolamento permitem, em conjunto com a apurada gestão térmica do motor 1.7 ecoFLEX, reduzir significativamente o consumo de combustível (menos 0,8 l/100 que o 1.7 CDTI de base, ou 17 por cento) e baixar as emissões de dióxido de carbono (um corte de 20 g/km).

Novo sistema de injecção directa e novo turbocompressor

O novo sistema de gestão do motor 1.7 equipado com injecção directa common rail, foi concebido na íntegra pelos engenheiros da Opel. A disponibilidade do elevado binário máximo de 300 Nm logo a partir das 2000 rpm eleva a um novo patamar as performances e a agradabilidade de condução do novo Opel Astra 1.7 ecoFLEX. O novo sistema de injecção efectua até oito injecções a alta pressão (1800 bar) por cada ciclo do motor, o que, a par da redução da taxa de compressão, melhora o controlo do processo de combustão, com influência significativa na redução dos consumos de combustível. Neste processo intervém igualmente o novo turbocompressor de geometria variável, equipado com sensor adicional de informação relativa à posição das pás da turbina, assegurando extrema precisão no controlo da pressão de sobrealimentação.

Avançado sistema de gestão térmica do motor

Tendo como objectivo a redução dos consumos e das emissões, o novo motor ecoFLEX da gama Astra recebeu importantes alterações a nível da configuração dos pistões. O atrito dos componentes internos do motor foi reduzido, conseguindo-se simultaneamente uma maior resistência ao desgaste. Para isso, as guias das válvulas e os pinos dos pistões recebem um revestimento à base de diamantes sintéticos.


O colector de admissão construído em plástico atribui maior eficiência ao processo de combustão, papel repartido com o controlo electrónico variável da preparação da mistura. A elevada precisão do controlo da combustão no motor 1.7 ecoFLEX é garantida pelos sensores de pressão nos cilindros, incorporados nas velas incandescentes (tecnologia CleanTech). Com esta configuração, a combustão é efectuada no ponto ideal do curso do pistão.


Logo após o arranque, para acelerar o processo de aquecimento do motor, as perdas de pressão são minimizadas com recurso a um bypass instalado no radiador de óleo. Esta funcionalidade permite o alcance da temperatura ideal de funcionamento do motor de forma mais rápida, resultando igualmente em poupança de combustível. A bomba de água, desligável, optimiza também o processo de aquecimento do motor. Por sua vez, a carga de trabalho do alternador durante os arranques a frio foi igualmente reduzida graças à utilização de velas incandescentes de baixa voltagem.


A temperatura ideal do processo de combustão é mantida pela função complementar de arrefecimento do sistema de recirculação dos gases de escape. Este controlo electrónico é responsável por uma significativa redução das emissões de óxidos de azoto (NOx). O revestimento optimizado à base de platina do pré-catalisador e catalisador principal, a par da afinação rigorosa de ambos os componentes e da sua proximidade relativamente ao motor, permitem alcançar uma melhoria da eficiência do sistema de controlo das emissões, já que a temperatura de funcionamento é atingida mais rapidamente.

Tecnologia Start/Stop minimiza consumos no tráfego citadino

O sistema Start/Stop desenvolvido pela Opel foi desenvolvido a pensar no tráfego urbano. Responsável pela diminuição do período de funcionamento do motor, esta tecnologia representa um importante contributo para a redução dos consumos de combustível, emissões de gases de estufa e níveis de ruído nos centros urbanos. O processo, rápido e automático, desliga o motor assim que o condutor coloca a caixa de velocidades em ponto-morto e levanta o pé do pedal da embraiagem, entrando na fase ‘Autostop’. O sistema coloca em funcionamento o motor de forma automática e instantânea assim que o pedal de embraiagem é accionado de novo para engrenar a primeira velocidade. A bateria de elevado rendimento assegura a fiabilidade máxima do sistema Start/Stop.


Durante a fase ‘Autostop’ o indíce de conforto e segurança dos passageiros mantém-se, já que a climatização, a direcção assistida e a travagem permanecem em funcionamento. O sistema Start/Stop pode ser desligado pelo condutor, bastando pressionar o interruptor “eco” situado na consola central.

Opel Astra mais económico de sempre já está em Portugal

Gestão ideal da energia eléctrica e caixa de seis velocidades exclusiva

O Opel Astra 1.7 ecoFLEX está equipado com uma caixa de seis velocidades de atrito reduzido, específica para este modelo. A luz indicadora de mudança de velocidade e o económetro, ambos situados no ecrã entre o conta-quilómetros e o velocímetro, fornecem indicações precisas para que o condutor possa adoptar a condução mais económica e ecológica.


O sistema de recuperação de energia na travagem do Astra 1.7 CDTI ecoFLEX permite gerir de forma ideal a energia eléctrica. Quando o automóvel está em desaceleração, a energia cinética é recuperada através de um alternador especial que efectua a conversão da energia do movimento em electricidade. A corrente eléctrica gerada é armazenada na bateria. Isto acontece de forma automática quando o condutor levanta o pé do pedal do acelerador ou pressiona o pedal de travão.


Quando a bateria tem carga suficiente, a alimentação dos órgãos consumidores de electricidade é efectuada pela energia eléctrica acumulada na bateria. A diminuição do esforço do motor, através da redução da força exercida pelo alternador, permite poupar combustível e atenuar emissões. As luzes de condução diurna de LED auxiliam igualmente na redução do consumo energético.


O compressor do ar condicionado está ligado através de um sistema de embraiagem que, à semelhança do alternador, permite poupar no esforço exercido pelo motor. Ou seja, quando o ar condicionado está desligado o compressor não consume recursos do motor, permitindo baixar os gastos de combustível.

Desempenho aerodinâmico optimizado para redução da resistência ao ar

O deflector de ar activo integrado na grelha dianteira do Opel Astra 1.7 ecoFLEX optimiza a aerodinâmica do automóvel e a gestão térmica do motor. Com a função de fazer variar o volume de entrada de ar no compartimento do motor, este deflector abre quando o automóvel circula a baixa velocidade ou no caso de maior esforço do motor, como em subidas, situações que causam o aumento da carga térmica do motor. A velocidades mais elevadas, o deflector activo fecha e direcciona o fluxo de ar para os contornos da carroçaria. Os ganhos são evidentes, visto que é neste compartimento que ocorre maior turbulência e onde há menor eficácia na gestão do fluxo. Tais melhorias no capítulo aerodinâmico visam a redução dos consumos e emissões de CO2. Nesta tarefa intervêm igualmente a altura reduzida da carroçaria ao solo e os pneus 215/60 R 16 ou 225/50 R17 de baixo atrito.

Proposta acessível e ultra-competitiva no segmento dos familiares compactos

O novo Opel Astra 1.7 CDTI ecoFLEX está disponível no mercado português no nível de equipamento Enjoy. Tal como as restantes opções da gama, sobressai por oferecer um equipamento de série completo, onde se incluem ar condicionado, vidros eléctricos, fecho centralizado de portas, chassis desportivo rebaixado, rádio com leitor de CD e ficheiros MP3 com entrada AUX para dispositivos portáteis, entre muitos outros.


No capítulo da segurança, o modelo está equipado com Programa Electrónico de Estabilidade (ESP), sistema de travagem anti-bloqueio (ABS) e com airbags frontais, laterais e de cortina.


O novo Astra 1.7 CDTI ecoFLEX Enjoy é proposto em Portugal ao preço recomendado de venda ao público de 25.150 euros.

Gama ecoFLEX de modelos dinâmicos e de utilização económica

O novo Astra 1.7 ecoFLEX passa a integrar a vasta gama de modelos de emissões reduzidas da Opel no mercado, que inclui já propostas como:


  • Opel Ágila 1.0 ecoFLEX Start/Stop - 68 cv, 106 g/km CO2 e 4,8 l/100km;
  • Opel Corsa 1.3 ecoFLEX Start/Stop - 95 cv, 95 g/km CO2 e 3,6 l/100km;
  • Opel Meriva 1.3 ecoFLEX Start/Stop - 95 cv, 109 g/km CO2 e 4,1 l/100km;
  • Opel Astra 1.3 ecoFLEX Start/Stop - 95 cv, 104 g/km CO2 e 3,9 l/100km;
  • Opel Astra 1.7 ecoFLEX Start/Stop - 130 cv, 99 g/km CO2 e 3,7 l/100km.


O programa da Opel de desenvolvimento de novos motores menos poluentes conta com investimentos de cerca de mil milhões de euros. A racionalização e optimização da gama de propulsores estão entre os principais objectivos. A introdução do sistema Start/Stop é parte integrante deste programa – até à Primavera de 2012, a marca disponibilizará na sua gama de modelos 34 combinações modelo/motor com esta tecnologia, na qual se incluirão todos os Astra a gasolina e gasóleo com caixa de velocidades manual.

Resumo da tecnologia integrada no novo Astra 1.7 ecoFLEX destinada a reduzir consumos e emissões de CO2:

  • Motor evoluído com tecnologia de combustão CleanTech;
  • Sistema Start/Stop;
  • Regeneração de energia na travagem;
  • Nova gestão electrónica do motor e nova gestão térmica;
  • Caixa de velocidades de atrito reduzido, com seis relações optimizadas;
  • Aerodinâmica revista inclui deflector activo na grelha dianteira;
  • Pneus de reduzido atrito ao rolamento;
  • Luzes de condução diurna de LED.