Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

Novo motor de três cilindros para o Opel ADAM
revelado no Salão de Genebra.

Antevisão do Salão Automóvel de Genebra.

17/Fev/2014

  • Motor ECOTEC 1.0 Turbo de injeção direta eleva nível de refinamento em motores de três cilindros
  • Desempenho superior ao de motores 1.6 ‘atmosféricos’
  • Pegada mais ecológica, com emissões notáveis de 99 g/km de CO2
  • Nova caixa de seis velocidades é 30 por cento mais leve do que a anterior
  • Novos acabamentos e cores do ADAM criam ainda mais possibilidades de personalização
Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

Um ano após o lançamento, o ADAM evolui para um novo patamar. Criador de tendências e ícone da personalização, o elegante citadino da Opel afirmou‑se rapidamente no mercado europeu.

 

No próximo Salão de Genebra, que abre ao público no dia 6 de Março, a Opel vai mostrar o ADAM equipado com um novo motor sobrealimentado a gasolina, de três cilindros, que regista valores de referência em refinamento, binário a baixas rotações e eficiência. Este propulsor da nova geração de motores da Opel terá acoplada uma nova caixa manual de seis velocidades.

 

O ADAM vai apresentar-se ainda com novas cores e acabamentos que alargarão ainda mais o leque de opções de personalização, que já era praticamente ilimitado.

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

O ADAM é o primeiro modelo da Opel a receber o novo 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta. Este motor, todo construído em alumínio, foi desenvolvido no Centro de Desenvolvimento Técnico Internacional da marca, em Rüsselsheim, na Alemanha. Estará disponível em duas versões, com 90 cv e 115 cv de potência, debitando ambas um elevado binário de 166 Nm logo a partir das 1800 rpm.

 

Tal como as duas motorizações 1.6 da nova geração com que a Opel está a renovar a gama de motores de média cilindrada - 1.6 ECOTEC Turbo de injeção direta a gasolina e 1.6 CDTI turbodiesel - o novo 1.0 Turbo de injeção direta oferece refinamento de referência, com níveis de ruído e vibrações notavelmente baixos para um motor de três cilindros, melhores que muitas motorizações de quatro cilindros.

 

Acoplado a uma novíssima caixa manual de seis velocidades, o motor de três cilindros possui sistema “Start/Stop”, o que contribui para baixar consumos no trânsito citadino. A variante 1.0 Turbo de 90 cv de potência mantém o consumo de combustível em ciclo misto nuns parcos 4,3 l aos 100 km, e as emissões de CO2 em apenas 99 g/km (dados provisórios segundo os métodos de testes do NEDC). São números realmente notáveis para um automóvel alimentado a gasolina, mais ainda se considerarmos os generosos valores de potência e de binário.

 

Entre os fatores que contribuem para esta eficiência energética contam-se a injeção direta de combustível, o comando variável das válvulas, a construção leve em alumínio e a bomba de água comutável.

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

O novo Opel ADAM 1.0 Turbo vai iniciar produção já no Verão. Com a nova mecânica chegam também ao citadino ‘chique’ da Opel novas cores.

 

No passado mês de setembro, no Salão Automóvel de Frankfurt, a Opel já havia já apresentado algumas novas possibilidades de personalização.

 

Em Genebra serão reveladas mais cores, decorações interiores e acabamentos, alargando um leque de combinações que já era virtualmente ilimitado.

1.0 Turbo da Opel é a nova referência de refinamento em motores de três cilindros

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

Suave, potente e amigo do ambiente, o novo 1.0 Turbo do ADAM possui tecnologia de ponta, obtendo níveis de ‘performance’ que desmentem a cilindrada baixa. Da mesma forma, regista níveis notáveis de consumo e de emissões de CO2, fixados em 4,3 l/ 100 km e 99 g/km de CO2 em ciclo misto.

 

Primeiro elemento de uma família completamente nova de motores a gasolina de pequena cilindrada que irá crescer ainda mais, este motor 1.0 Turbo de injeção direta e 12 válvulas constitui um novo passo na renovação da gama de motorizações da Opel, na sequência do lançamento recente das novas linhas de motores 1.6 a gasolina e a gasóleo.

 

Estas três novas famílias partilham um ADN comum: o melhor refinamento nas respetivas categorias. A partir de uma folha de papel em branco, os engenheiros da Opel de Rüsselsheim preocuparam-se em eliminar as características de funcionamento ‘excecionais’ que costumam desvirtuar o trunfo da condução económica dos motores de três cilindros.

 

«Quisemos minimizar o consumo de combustível e as emissões de CO2, demonstrando também que os motores de três cilindros podem ser tão refinados como os de quatro cilindros ou mais», explica Matthias Alt, Engenheiro-Chefe da Opel responsável motores a gasolina de baixa cilindrada. «Eliminámos na origem os problemas de equilíbrio, ruído e vibrações, que são típicos dos motores de três cilindros convencionais, pelo que estamos confiantes de que os clientes do ADAM ficarão muito satisfeitos com os resultados».

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

O bloco de cilindros, feito em alumínio fundido a alta pressão, foi desenhado para diminuir o ruído irradiado e proveniente da estrutura do motor, ao mesmo tempo que reduz o peso do conjunto. O circuito de alimentação e os injetores de combustível a alta pressão encontram-se também estruturalmente isolados da cabeça de cilindros para minimizar a transmissão dos impulsos. A bomba de combustível recebeu um tratamento acústico.

 

Outro fator decisivo para o funcionamento refinado do novo motor é o veio de equilíbrio instalado no cárter. Acionado por uma corrente de dentes invertidos para funcionar silenciosamente, este veio gira em sentido contrário ao da cambota, à mesma velocidade desta. A massa foi criteriosamente otimizada para compensar as vibrações inerentes ao funcionamento de um motor de três cilindros.

 

Foram ainda adotadas outras medidas de atenuação do ruído, tais como a otimização acústica das coberturas das partes superior e frontal do motor, os revestimentos do coletor de admissão e da árvore de cames, o isolamento da cambota com ferro nos apoios principais, os dentes invertidos das correntes de transmissão do veio de excêntricos, o turbocompressor silencioso e o cárter do óleo em aço.

 

Com todas estas medidas de ‘engenharia acústica’, o novo motor 1.0 ECOTEC Turbo de injeção direta não só é mais refinado do que os outros motores de três cilindros como se mostra também mais silencioso do que muitas motorizações de quatro cilindros. Nos testes da Opel em banco de ensaios, na máxima aceleração, o 1.0 Turbo emite menores níveis de ruído em todos os regimes face aos motores a gasolina com 1.6 de cilindrada de admissão natural e potência semelhante.

Pujante: Motor pequeno, mas apelativo

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

O novo motor 1.0 ECOTEC Turbo de injeção direta sobressai pelos níveis elevados de potência, reunindo características que fazem da menor dimensão a dimensão certa, debitando, por exemplo, binário mais elevado do que a maioria dos motores 1.6 sem sobrealimentação.

 

No ADAM, o novo 1.0 Turbo garante 166 Nm que são obtidos a um regime tão baixo como 1800 rpm. Isto equivale a cerca de mais 30 por cento relativamente a um motor 1.6 ‘atmosférico’ em igual regime. A versão de 115 cv estende o binário máximo às 4700 rpm. A engenharia de precisão permitiu integrar o coletor de escape no interior da cabeça de cilindros de alumínio, à qual está diretamente aparafusado o pequeno turbocompressor de baixa inércia arrefecido a água. Esta instalação compacta e a proximidade do turbocompressor contribuem para a rápida resposta do motor a baixas rotações.

 

Os injetores de combustível têm seis orifícios e estão localizados em posição central no topo de cada cilindro, para garantir uma combustão eficiente. O comando variável contínuo das válvulas otimiza a respiração do motor. Contribuem também para o baixo consumo de combustível a bomba de óleo de débito variável e a bomba de água comutável, que é desativada se o líquido de refrigeração do motor estiver frio.

 

O motor 1.0 ECOTEC Turbo de injeção direta da nova geração, com caixa manual de seis velocidades, vem juntar-se à gama de motorizações de quatro cilindros do ADAM, com caixas manuais de 5 velocidades: o 1.2 de 70 cv e 115 Nm, e o 1.4 de 100 cv e 130 Nm.

Nova caixa de seis velocidades é mais leve

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

O motor de três cilindros do ADAM tem acoplada uma novíssima caixa manual de seis velocidades. De desenho compacto e com um peso em seco de apenas 37 kg, é cerca de 30 por cento mais leve do que as caixas que vem substituir.

 

Com manuseamento facilitado, excelente precisão e alavanca de curso curto, a nova caixa de velocidades integra muitas das evoluções que a Opel tem vindo a incluir nas suas transmissões, tais como as engrenagens de dentes largos assimétricos e os sincronizadores de cone triplo para a 1.ª e a 2.ª velocidades e de cone duplo para a 3.ª e a 4.ª. A marcha‑atrás também é sincronizada. Esta nova caixa de velocidades será gradualmente introduzida noutros modelos da Opel para além do ADAM.

Ainda mais possibilidades de personalização

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

Ícone da personalização da Opel, o ADAM continua a melhorar neste capítulo. A paleta de cores será alargada nas próximas semanas e ainda mais enriquecida nos próximos meses.

 

Com mais sete cores para a carroçaria e quatro novas cores para o tejadilho, a excecional paleta cromática do ADAM fica com um total de 18 cores de carroçaria e seis cores diferentes para o tejadilho. As cinco novas cores de carroçaria a lançar na Primavera serão um elegante prateado (“Silverwalker”), um castanho-escuro (“Mr. Darkside”), um azul vibrante (“Let it Blue”), um arrojado verde‑lima (“Dancing Green”) e um discreto cinzento (“Pink‑Kong”).

 

A lista das novas opções de personalização do ADAM continua a crescer, incluindo agora cinco novos tecidos para os bancos, sete novas decorações para o habitáculo, quatro novas cores interiores, duas novas cores para o espelho retrovisor, bem como quatro novas cores para a barra do logótipo e dois novos conjuntos de autocolantes para o exterior.

 

No Salão Automóvel de Genebra, serão anunciados mais novas cores de carroçaria e acabamentos interiores. Com todas estas novas opções, o potencial de personalização da mais recente gama do ADAM é agora praticamente ilimitado, dando aos clientes a possibilidade de comporem o automóvel dos seus sonhos.

Opel ADAM recebe o novo motor 1.0 Turbo a gasolina com sistema de injeção direta

O ADAM está equipado com o sofisticado sistema IntelliLink da Opel, capaz de integrar funções e aplicações de um ‘smartphone’ que lhe esteja ligado.

 

Este sistema de informação & entretenimento garante total compatibilidade com os mais recentes telefones inteligentes com sistemas operativos Android e Apple iOS. Integra funções de conectividade USB e Bluetooth, função de audio streaming (transmissões de áudio via Internet), um ecrã tátil a cores de alta definição de 7 polegadas e sete altifalantes.

 

O sistema IntelliLink da Opel instalado no ADAM assegura as funções de navegação com a aplicação BringGo, oferecendo ainda as aplicações Stitcher e TuneIn.

 

A integração de dispositivos Apple iOS permite utilizar o sistema de comando por voz SIRI EYES FREE, que possibilita ao condutor, por exemplo, ouvir as mensagens SMS recebidas em voz alta ou ditá-las sem tirar os olhos da estrada e as mãos do volante.

 

O sistema IntelliLink é uma tecnologia premiada, segura, fácil de utilizar e, ao mesmo tempo, surpreendentemente acessível em termos de preço, que faz do ADAM o automóvel citadino com a melhor conectividade.