Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

Opel lança gama completa FlexFuel a GPL em Portugal.

17/Fev/2014

  • Dez versões e seis modelos, do Corsa ao Insignia, oferecem variantes FlexFuel
  • Motores sofisticados 1.4 Turbo, com 120 cv e 140 cv, otimizados para GPL
  • GPL auto pode reduzir custos com combustível até 40 por cento
  • Versões FlexFuel da Opel têm apenas ligeiro acréscimo de preço face às versões a gasolina
Novo Opel Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

A Opel vai lançar no mercado português uma gama completa de modelos FlexFuel a GPL (Gás de Petróleo Liquefeito).

 

Esta é a primeira vez que um fabricante automóvel disponibiliza um leque tão alargado de veículos a gás, abrangendo um total de 10 versões distribuídas por seis modelos.

 

Do utilitário Corsa aos familiares Insignia e Insignia Sports Tourer, passando pelos monovolumes Meriva Tourer e Zafira Tourer, e contemplando também o SUV Mokka e o familiar compacto Astra (carro e carrinha), a gama Opel FlexFuel vai ao encontro do maior número de preferências e necessidades.

Novo Opel Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

Com a completa gama FlexFuel, a Opel faz estreias absolutas em alguns segmentos que até hoje não apresentavam nenhum automóvel a GPL.

 

É o caso do novo Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel, nos mini-monovolumes. Com vocação familiar e versatilidade ímpar, o Meriva Tourer constitui uma das grandes apostas da Opel no campo das motorizações a autogás.

 

Mais entradas inéditas em segmentos inexplorados em matéria de GPL de fábrica são também protagonizadas pelos modelos Opel Insignia e Opel Zafira Tourer.

Novo Opel Astra Sports Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

A forte aposta da marca na nova gama FlexFuel passa por motores modernos e potentes, nomeadamente os 1.4 Turbo de 120 cv e 140 cv.

 

Com este nível de sofisticação, a oferta da Opel nesta faixa de mercado reforça argumentos como a economia e as ‘performances’, o que era, até hoje, muito pouco habitual nas opções equipadas com sistema GPL de fábrica.

 

«Chegou a hora de olhar para o GPL como uma alternativa real», defende o Diretor-Geral da General Motors Portugal, João Falcão Neves. «As vantagens do autogás são sobejamente conhecidas no que diz respeito a custos de utilização mais baixos, menores emissões e vida prolongada do motor. A legislação portuguesa, finalmente, produziu alterações que eliminaram a discriminação a que estes veículos estavam sujeitos. Faltava uma oferta diversificada, capaz de propor uma solução moderna e competitiva em cada segmento. A Opel é a primeira marca a fazê-lo.»

Novo Opel Zafira Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

Com um preço por litro que é, atualmente, quase metade do da gasolina de 95 ron, o GPL representa uma poupança entre 35 e 40 por cento nos custos com combustível.

 

Para um condutor que percorra anualmente 25.000 quilómetros, a redução do gasto no posto de abastecimento pode ser da ordem de 1000 euros ao final de 12 meses. O autogás dá igualmente um contributo em matéria de ambiente, com emissões de CO2 que são inferiores em cerca de 15 por cento por comparação com a gasolina.

 

Os dez novos elementos da gama FlexFuel da Opel estão equipados de série com sistemas completos de alimentação de autogás instalados na fábrica, de acordo com elevados padrões de qualidade, usufruindo de plena cobertura de garantia da marca.

Novo Opel Zafira Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

A designação FlexFuel destaca o facto de estas versões poderem funcionar a autogás ou a gasolina, bastando ao condutor premir uma tecla na consola central do tabliê para selecionar um ou outro combustível.

 

O depósito de gás está instalado no espaço da roda sobressalente, o que quer dizer que o habitáculo mantém a volumetria inalterada, tanto para passageiros como para bagagens.

 

O abastecimento de GPL é feito através de um bocal próprio, adjacente ao bocal do depósito de gasolina, recorrendo a um pequeno adaptador de enroscar muito fácil de utilizar.

Motores FlexFuel Turbo: ‘performance’, economia e autonomia

Novo motor 1.4 Turbo FlexFuel

À poupança até 40 por cento nos custos de combustível e à redução de emissões de CO2 em 15 por cento, o sistema adicional de alimentação com GPL Auto acrescenta outra grande vantagem: autonomia acrescida. No Insignia 1.4 Turbo FlexFuel, por exemplo, a autonomia ultrapassa 1700 km graças ao depósito adicional de GPL com capacidade para 41 litros de autogás. Uma vez cheio, este depósito garante, apenas por si, mais de 500 km de autonomia ao Insignia.

 

No que diz respeito à tecnologia, a diversidade da vasta gama FlexFuel da Opel assenta num denominador comum: motores modernos, com sobrealimentação, capazes de obter ‘performances’ notáveis, mantendo baixos consumos de gasolina e de autogás. A Opel otimizou o seu motor 1.4 Turbo para funcionar a GPL, em ambas as versões de 120 cv e 140 cv de potência. As unidades eletrónicas de controlo da alimentação de autogás, de gasolina e do motor comunicam através de uma rede de dados de alta velocidade. Para além da eficiência da combustão com qualquer dos combustíveis, isso assegura a comutação totalmente impercetível de gasolina para autogás e vice-versa.

 

O motor 1.4 Turbo equipa toda a nova gama FlexFuel da Opel, à exceção do modelo Corsa.

Aposta na nova série Meriva Tourer

Novo Opel Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

A versão a GPL da nova série Meriva Tourer, que constitui uma das apostas fortes da Opel para potenciar as suas vendas FlexFuel, recorre ao 1.4 Turbo na variante de 120 cv. Os consumos de 5,9 l/100 e 7,4 l/100, respetivamente a gasolina e a GPL, colocam este modelo em grande evidência no capítulo de baixos custos de utilização. A economia do novo Meriva Tourer FlexFuel surge a par de ‘performances’ igualmente de destaque. Este mini-monovolume consegue acelerar de zero a 100 km/h em apenas 11,5 segundos e pode atingir 188 km/h de velocidade máxima.

 

A condução desembaraçada e dinâmica notável do novo Meriva Tourer deve-se à permanente disponibilidade de potência do motor 1.4 Turbo. Com elevado binário máximo de 175 Nm, que permanece constante entre as 1750 e as 4800 rpm, o pequeno monovolume da Opel garante acelerações e recuperações sempre prontas.

Novo Opel Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

A Opel renovou o Meriva, tornando-o mais eficiente, mais atrativo e mais funcional do que nunca. A nova série, que adota a designação Meriva Tourer, estreia no mercado português no final do mês de Fevereiro. Para além do ‘design’ atualizado e de novas tecnologias que vêm aumentar o conforto e a eficiência, o monovolume da Opel será equipado com o turbodiesel 1.6 CDTI pertencente à mais recente geração de motores da marca. A versão Meriva Tourer FlexFuel é também uma estreia na gama e no segmento em Portugal.

 

O sistema de portas FlexDoors de abertura antagónica (portas traseiras com dobradiças posteriores), para facilitar o acesso ao habitáculo, o sistema de disposição dos bancos traseiros FlexSpace, os bancos dianteiros ergonómicos e o sistema FlexFix para transporte de bicicletas totalmente integrado na secção traseira, fazem do Meriva Tourer o expoente máximo da ergonomia, título que foi atribuído por especialistas pertencentes à associação independente alemã AGR.

Novo Opel Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

Da mesma forma, o Meriva afirma-se claramente como referência em termos de qualidade e satisfação dos clientes e utilizadores. Publicado em dezembro de 2013, o novo relatório da TÜV para 2014 baseia-se em cerca de 8 milhões de inspeções a veículos usados, de todos os tipos e marcas, para concluir que o Opel Meriva é o automóvel com a menor taxa de avarias e defeitos.

 

Além dos peritos da TÜV, também os utilizadores elogiam o Meriva. De acordo com o índice de satisfação dos proprietários de veículos utilizados durante dois anos, baseado num inquérito à satisfação do consumidor realizado pela J.D. Power, o Meriva está no primeiro lugar da tabela com uma impressionante taxa de aprovação de 80,6 por cento.

Novo Opel Zafira Tourer 1.4 Turbo FlexFuel

O Meriva Tourer a autogás é uma novidade absoluta no segmento dos mini-monovolumes. Mas a inédita gama FlexFuel da Opel produz outras estreias GPL em mais segmentos. São os casos do familiar médio Insignia e do monovolume Zafira Tourer.

 

O versátil monovolume de sete lugares Zafira Tourer FlexFuel acrescenta à elogiada modularidade referencial uma autonomia alargada para mais de 1500 km. Este é o modelo da gama com maior depósito de GPL, atingindo 60 litros de capacidade efetiva. Com motor 1.4 Turbo de 140 cv de potência, o Zafira Tourer oferece desempenhos dinâmicos notáveis (velocidade máxima de 195 km/h e aceleração 0-100 km/h em menos de 12 segundos) e baixos consumos médios de 6,7 litros de gasolina e 8,6 litros de autogás a cada 100 km.

Novo Opel Insignia 1.4 Turbo FlexFuel

Com aerodinâmica referencial, ‘design’ atraente e tecnologias avançadas, o recém-renovado Opel Insignia é outra novidade FlexFuel e, simultaneamente, uma estreia GPL no segmento dos familiares médios.

 

Este estradista por excelência oferece versões a autogás em ambas as carroçarias de quatro portas (berlina) e Sports Tourer (‘station wagon’), equipadas com motor 1.4 Turbo de 140 cv.

 

O Insignia FlexFuel sobressai inequivocamente pela economia de combustível, com médias de 5,9 l/100 (gasolina) e 7,6 l/100 (autogás) de consumo misto na variante berlina. Este desempenho, aliado ao depósito adicional de 41 litros de gás, confere ao Insignia uma autonomia recordista superior a 1700 km.

Novo Opel Mokka 1.4 Turbo FlexFuel

O Opel Mokka acrescenta uma nova alternativa GPL no segmento dos pequenos SUV, propondo ‘performances’ referenciais graças ao motor 1.4 Turbo de 140 cv.

 

Preservando o fator economia (6,1-7,7 l/100 km), o Mokka FlexFuel acelera até aos 100 km/h em apenas 10,2 segundos, tornando-se num dos mais dinâmicos automóveis desta faixa de mercado.

Novo Opel Astra 1.4 Turbo FlexFuel

A oferta FlexFuel da Opel engloba também o ‘best-seller’ Astra, que passa a contemplar versões a GPL das variantes de 5 portas e ‘station wagon’ Sports Tourer.

 

O motor é o 1.4 Turbo de 140 cv e uma vez mais a economia está em plano de evidência (5,7 l/100 a gasolina) sem prejuízo das ‘performances’ (202 km/h e 10,2 segundos de 0-100 km/h).

 

A completar a gama FlexFuel, o Opel Corsa a autogás possui um motor 1.2 especialmente económico, com 85 cv de potência, sendo o único ‘atmosférico’ da gama de seis modelos FlexFuel da Opel.

Oferta mais completa e mais competitiva

Opel Corsa 1.2 FlexFuel

A linha FlexFuel da Opel torna-se na gama de produtos a GPL mais completa em Portugal.

A aposta da marca neste mercado traduz-se em oferecer soluções económicas com sistema a autogás instalado de fábrica, em praticamente todos os segmentos, com modelos dirigidos a um vasto leque de consumidores.

 

O posicionamento especialmente competitivo destes novos produtos FlexFuel está bem patente em modelos como o Corsa 1.2 e o Meriva Tourer 1.4 Turbo.

 

Contra o que era prática até hoje no mercado GPL, onde a maior parte da limitada oferta tinha preços elevados por comparação com as versões base, a Opel decidiu diminuir significativamente a diferença de preços entre as versões FlexFuel e as correspondentes variantes alimentadas apenas a gasolina.

 

Na comparação com o Meriva Tourer 1.4 Turbo, o Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel tem um acréscimo de preço de apenas 700 euros. Registe-se que este modelo a autogás está posicionado 600 euros abaixo da versão 1.3 CDTI a gasóleo. O mesmo sucede no caso do Corsa, de forma ainda mais acentuada. O Corsa 1.2 FlexFuel tem um preço inferior em 2600 euros face ao Corsa 1.3 CDTI a gasóleo e custa apenas mais 1000 euros que o Corsa 1.2 a gasolina.

 

Um dos fatores que entra para a competitividade que a Opel conferiu à sua nova gama FlexFuel está no conteúdo completo de equipamento de todos os modelos e versões. Para além dos dispositivos de segurança, onde se incluem ‘airbags’ frontais e laterais, todos os Opel FlexFuel possuem ar condicionado, espelhos retrovisores com regulação elétrica, programador de velocidade (‘cruise control’), volante forrado a couro, comandos no volante, vidros elétricos, fecho centralizado de portas e jantes de liga leve.

Mercado de GPL tem potencial para crescer

O posicionamento da nova gama FlexFuel da Opel na primeira linha das opções a autogás mais competitivas e de maior qualidade, está desenhado para promover uma mudança de mentalidades e responder em pleno a um quadro de crescimento do mercado GPL em Portugal.

 

Desde 2007, ano em que os primeiros produtos com sistema GPL de série começaram a ser comercializados no mercado português, até ao final de 2013, tinham sido vendidos 3636 automóveis novos bi-fuel. Com apenas oito marcas a disponibilizarem produtos GPL de fábrica em Portugal, a Opel tornou-se numa das protagonistas desde 2012 com o modelo Corsa, tendo comercializado um total de 265 unidades em apenas dois anos.

 

A General Motors tem forte tradição em produtos a GPL, marcando posição de relevo neste mercado através da marca Chevrolet.

 

«Pelo que se vê das estatísticas de vendas, o GPL já era, há bastante tempo, solução para um número apreciável de pessoas graças à poupança que representa. Agora, finalmente, a nova legislação equipara os veículos equipados com sistemas de gás a todos os outros, o que levará rapidamente a uma mudança de mentalidades e de atitudes. Este mercado vai crescer, seguramente. E a Opel já se posicionou na primeira linha, com uma gama completíssima, com modernos motores Turbo, numa iniciativa que é inédita em Portugal», acrescenta o Diretor-Geral da GM Portugal, João Falcão Neves. E remata: «O GPL é um produto comum, com quotas de mercado apreciáveis em muitos países da Europa, incluindo os mais ricos e mais exigentes do ponto de vista ambiental, como a Holanda ou a Itália. Não vejo razão, agora, por que Portugal há de ser diferente».

Botão do FlexFuel GPL

O GPL (Gás de Petróleo Liquefeito) é uma mistura de hidrocarbonetos leves, cujos principais componentes são o butano e o propano. O GPL pode ser obtido a partir de gás natural ou do processo de refinação de petróleo bruto.

 

A composição do GPL permite a liquefação, à temperatura ambiente, sob uma pressão moderada, e uma completa vaporização quando libertado à pressão atmosférica. Estas características conferem ao autogás grande versatilidade e facilidade de armazenamento, transporte, distribuição e utilização.

 

Quando funciona com GPL, o motor produz cerca de 15 por cento menos emissões de CO2 por comparação com a gasolina. No mesmo plano de comparação, não há diferença verdadeiramente percetível em ‘performances’. O consumo no funcionamento a autogás é ligeiramente superior, mas o fator economia prevalece graças ao preço do GPL, que é cerca de metade do da gasolina. Para um automóvel que percorra 25.000 quilómetros por ano, a fatura de abastecimento com GPL pode mostrar uma poupança da ordem de 1000 euros ao fim de 12 meses.

 

A rede de abastecimento GPL em Portugal engloba cerca de 300 postos, cobrindo todo o território.

 

O GPL faz parte do leque de opções da Opel em matéria de propulsão alternativa, incluindo o GNC - Gás Natural Comprimido (rede de abastecimento inexistente em Portugal) - e a motorização elétrica e o revolucionário sistema com extensor de autonomia. Graças a este sistema, o Opel Ampera é o primeiro automóvel elétrico que pode ‘ir a qualquer lado em qualquer altura’, garantindo autonomia até 80 quilómetros com tração exclusivamente elétrica e autonomia total superior a 400 quilómetros.

Preços da Gama FlexFuel a GPL da Opel

Modelo
Potência (em cv)
Emissões CO2 (em g/km)
P.V.P.
Opel Insignia Sports Tourer 1.4 Turbo Selection FlexFuel
140
143 (129*)
30.150 €
Opel Corsa 1.2 Go! FlexFuel 3p
85
129 (110*)
15.290 €
Opel Corsa 1.2 Enjoy FlexFuel 5p
85
132 (115*)
15.390 €
Opel Corsa 1.2 Go! FlexFuel 5p
85
132 (115*)
15.990 €
Opel Meriva Tourer 1.4 Turbo FlexFuel
120
139 (121*)
20.390 €
Opel Mokka 1.4 Turbo Executive FlexFuel
140
142 (124*)
24.340 €
Opel Astra 1.4 Turbo Selection FlexFuel 5p
140
133 (117*)
23.600 €
Opel Astra Sports Tourer 1.4 Turbo Selection FlexFuel
140
135 (119*)
24.400 €
Opel Zafira Tourer 1.4 Turbo Executive FlexFuel
140
159 (139*)
28.170 €
Opel Insignia 1.4 Turbo Selection FlexFuel 4p
140
139 (124*)
28.850 €

* a GPL Fevereiro, 2014