Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

Dois ADAM, um Astra superdesportivo e um motor 1.0 Turbo
- quatro estreias mundiais da Opel no Salão de Genebra.

A Opel no Salão Internacional de Genebra 2014.

4/Mar/2014

  • Mini-crossover ADAM ROCKS com tejadilho de abrir integral em tecido
  • Novo motor de três cilindros 1.0 ECOTEC Turbo com injeção direta
  • ADAM S com 150 cv é o mais dinâmico dos citadinos da Opel
  • Superdesportivo Astra OPC EXTREME: de Nürburgring para a estrada
  • Pioneira na conectividade automóvel, Opel anuncia OnStar para 2015
Opel ADAM ROCKS

O Opel revela três modelos especialmente atraentes na edição deste ano do Salão de Genebra: o mini-crossover para a cidade ADAM ROCKS, o desportivo ADAM S e o superdesportivo Astra OPC EXTREME.

 

A estreia do evoluído motor 1.0 ECOTEC Turbo, em duas versões de 90 cv e 115 cv, é outros dos grandes destaques. A marca alemã anunciou ainda a entrada dos serviços OnStar na Europa em 2015.

 

O ADAM ROCKS e o ADAM S, este apresentado como antecessor da versão de produção em série, vêm enriquecer em grande escala a gama do citadino da Opel. A variante ROCKS, aliás, apresenta outra novidade dentro da novidade: o motor tricilíndrico 1.0 Turbo com injeção direta. O ADAM vai ser o primeiro modelo Opel a estar disponível com este novo motor, que depois passará a equipar progressivamente outras gamas.

Motor 1.0 ECOTEC Turbo de injeção direta

O 1.0 Turbo é parte integrante da vasta renovação de propulsores que a marca empreendeu recentemente, na qual se inclui igualmente a série 1.6 CDTI turbodiesel.

 

Esta nova geração também é notícia no certame suíço, mostrando a nova variante de 110 cv de potência que vai equipar o Opel Astra, modelo em que sobressai com emissões extremamente baixas de apenas 97 g/km de CO2.

 

A sobressair, mas pela elevada dinâmica, está outro Astra: o OPC EXTREME. A Opel revelou aquele que é o Astra mais rápido de todos os tempos, prenunciando a passagem à produção em série limitada.

Mini-crossover Opel ADAM ROCKS e novo motor 1.0 Turbo

Opel ADAM ROCKS

O novo mini-crossover com que a Opel vai inaugurar um novo nicho entre os citadinos alia o prazer de conduzir a céu aberto e a versatilidade de um automóvel robusto.

 

Trata-se de um novo elemento da gama ADAM, que surgirá no topo, acima das variantes ADAM JAM, ADAM GLAM e ADAM SLAM, e acrescentará mais possibilidades de personalização a um modelo que já é um ícone a este respeito.

 

Apresentado como ‘concept car’ há um ano, na edição de 2013 do Salão de Genebra, o ADAM ROCKS motivou reações entusiásticas por parte do público que visitou o certame, pelo que a Opel decidiu-se pela passagem à produção já no próximo Verão.

Opel ADAM ROCKS

O ROCKS não tem apenas uma aparência musculada. A sofisticação do citadino da Opel volta a sobressair, desta vez com a entrada de novas motorizações na gama.

 

O novíssimo 1.0 Turbo ECOTEC de três cilindros, com injeção direta de gasolina, já cumpre a norma Euro 6 e possui tecnologia avançada que o torna numa referência em refinamento e em eficiência. Terá duas versões, com potências de 90 cv e 115 cv, ambas debitando binário elevado de 166 Nm.

 

Com sistema Start/Stop de série, o novo tricilíndrico do ADAM ROCKS consegue ‘performances’ de relevo ao mesmo tempo que mantém consumos médios reduzidos, na ordem de 4,3 l/100 km (dados preliminares, de acordo com a norma New European Driving Cycle). O 1.0 Turbo surgirá com uma caixa de velocidades completamente nova, compacta e extremamente eficiente, que oferecerá comando suave e rápido.

O mais dinâmico dos citadinos da Opel: ADAM S

Opel ADAM S

O ADAM ROCKS não é o único membro da gama ADAM a brilhar em Genebra.

 

Com um motor 1.4 Turbo, o ADAM S mostra-se numa versão muito próxima da produção e revela o lado desportivo mais radical do citadino da Opel, que se vai colocar no topo da gama ADAM.

 

As credenciais desta versão vão da potência de 150 cv à suspensão desportiva, passando pelo sistema de travagem OPC e pelo visual ‘Red n’ Roll. O 1.4 Turbo especial desta versão consegue levar o ADAM até aos 220 km/h de velocidade máxima.

 

O habitáculo comporta bancos ‘bacquet’ Recaro forrados com couro. Também este ADAM pode ser dotado do mais recente sistema de infoentretenimento IntelliLink que assegura de múltiplas formas a melhor conectividade com o mundo digital exterior.

Sem compromissos: Opel Astra OPC EXTREME

Opel Astra OPC EXTREME

O Astra OPC EXTREME é mais uma revelação da Opel não Salão de Genebra.

 

Trata-se de um ‘performance car’ com genes das corridas, desenvolvido na pista mais exigente do mundo: o circuito grande de Nürburgring. Está equipado com um motor 2.0 Turbo que debita mais de 300 cv de potência e integra vários componentes oriundos do seu ‘homólogo’ de competição do campeonato Opel Astra OPC Cup.

 

O Astra OPC EXTREME foi desenvolvido diretamente a partir da versão Cup e traz tecnologia das corridas para a estrada. É 100 kg mais leve que o Astra OPC graças a vários componentes fabricados em fibra de carbono. Se a reação dos visitantes do salão suíço for tão positiva como se espera, a Opel planeia produzir um volume limitado deste superdesportivo.

Economia: Astra 1.6 CDTI de 110 cv e 136 cv

Opel Astra 1.6 CDTI

A par do superdesportivo da gama, o Astra mostra-se igualmente na sua faceta mais económica e amiga do ambiente.

 

Depois da estreia no Zafira Tourer, o novíssimo e silencioso motor turbodiesel 1.6 CDTI da Opel passa a estar disponível numa das gamas mais importantes da marca: a Astra.

 

Com elevada potência (136 cv) e elevado binário máximo (320 Nm), o moderno motor 1.6 CDTI faz parte da geração mais recente de propulsores Opel, com que o fabricante de Rüsselsheim renovará a maior parte da sua linha até ao final deste ano.

 

O 1.6 CDTI vai equipar as variantes de carroçaria de quatro portas (três volumes), cinco portas (dois volumes) e ‘station wagon’ Sports Tourer do modelo Astra.

Motor diesel 1.6 CDTI de 110 cv e de 136 cv

Este propulsor sobressai pela elevada ‘performance’ e pelo baixíssimo nível de ruído, registando um consumo de gasóleo de apenas 3,9 litros aos 100 km nos testes NEDC (New European Driving Cycle).

 

A par da versão de 136 cv, o Astra contará também com a variante de 110 cv do mesmo motor, revelada ao público no Salão de Genebra.

 

Ainda mais focada na economia e nas baixas emissões, esta versão consome apenas 3,7 litros de gasóleo aos 100 km, na norma NEDC, e baixa a fasquia das emissões para 97 g/km de CO2.

Conectividade hoje e amanhã: Opel anuncia OnStar para 2015

Opel e sistema OnStar

A Opel vai dar mais um importante passo no caminho que levará à ligação dos veículos com o ambiente digital que os rodeia.

 

No Salão de Genebra, o fabricante alemão anunciou que terá em funcionamento no próximo ano na Europa o seu sistema que liga condutores e veículos a centros de coordenação de emergência e outros contactos, via-satélite.

 

Trata-se do sistema OnStar.

Opel e sistema OnStar

Entre as funcionalidades está a ligação 4G de alta velocidade à Internet e a possibilidade de ligar até sete aparelhos, como ‘smartphones’ e ‘tablets’.

 

Com o lançamento do OnStar na Europa a Opel dá ainda maior relevo ao seu papel pioneiro na conectividade móvel.

 

No centro está o multipremiado IntelliLink, que permite utilizar várias funções e aplicações de telemóveis ‘smartphones’ no automóvel.

 

Registe-se que o IntelliLink não está reservado apenas ao topo de gama Insignia, encontrando-se disponível também no descapotável Cascada, no ‘bestseller’ Astra, nos versáteis monovolumes Meriva Tourer e Zafira Tourer, e no pequeno SUV Mokka.