Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

Parceria entre a GM e a NASA em robótica espacial dá nova vida a luva robotizada

RoboGlove foi licenciada para a empresa sueca de tecnologias de medicina Bioservo Tehnologies

11/Jul/2016

Notícias Opel - Luva robotizada RoboGlove

Os avanços resultantes da parceria entre a General Motors e a NASA na criação da luva robotizada RoboGlove para a Estação Espacial Internacional vão ser aproveitados na área da medicina, produção fabril e outras aplicações graças a um acordo de licenciamento assinado entre a GM e a empresa sueca de tecnologias de medicina Bioservo Technologies AB.

 

Em conjunto com a GM, a Bioservo complementará a tecnologia da sua luva SEM Glove (Soft Extra Muscle) com a tecnologia da RoboGlove, uma luva multiplicadora de força desenvolvida ao longo de nove anos de colaboração estreita entre a GM e a NASA. Dessa colaboração resultou também a criação e lançamento para o espaço do robô Robonaut 2 (R2) em 2011.

 

A RoboGlove possui sensores especiais, pequenos motores e articulações que são equiparáveis aos nervos, músculos e tendões de uma mão humana. Um dos requisitos estabelecidos para a conceção do robô R2 havia sido a capacidade de operar com ferramentas desenhadas para humanos. Nesse trabalho de desenvolvimento, os cientistas e engenheiros alcançaram um nível inédito de destreza mecânica. Essa tecnologia foi, então, aplicada na luva RoboGlove.

 

A Bioservo vai desenvolver inicialmente um novo mecanismo de assistência à manipulação de utensílios que deverá ser capaz de reduzir a fadiga de músculos da mão em trabalhos industriais de manufatura. Os estudos demonstram que a fadiga muscular pode ocorrer em apenas poucos minutos de trabalho que requeira a manipulação de uma ferramenta.

 

«Juntar o melhor de três mundos - tecnologia espacial da NASA, engenharia da GM e tecnologia médica da Bioservo - numa nova luva para uso industrial poderá levar à expansão desta tecnologia», afirma Tomas Ward, CEO da Bioservo Technologies.

 

A GM tenciona ser o primeiro cliente industrial desta luva robotizada nos Estados Unidos, planeando desde já testes em algumas das suas fábricas. A Bioservo produzirá e comercializará a nova luva para uma variedade de utilizações, incluindo reabilitação médica e qualquer área que beneficie de força de manipulação acrescida.

 

«O sucessor do RoboGlove reduzirá a força que um trabalhador precisa de aplicar para completar uma dada tarefa repetitiva, ou prolongada, com ferramentas», explica Kurt Wiese, Vice-Presidente da GM para a Engenharia de Produção.

 

A GM testou por um período curto uma RoboGlove numa fábrica de pré-produção, antes de procurar uma parceria que levasse ao refinamento do aparelho, nomeadamente torná-lo adaptável a vários tamanhos e morfologias de mãos.

 

Não foram divulgados os detalhes financeiros do acordo de licenciamento concedido pela GM, NASA e Oceaneering International Inc. à Bioservo.

General Motors

A General Motors Company e os seus parceiros produzem veículos em 30 países. A empresa detém posições de destaque nos maiores mercados do mundo. A GM, suas subsidiárias e ‘joint-ventures’ comercializam veículos das marcas Chevrolet, Cadillac, Baojun, Buick, GMC, Holden, Isuzu, Jiefang, Opel, Vauxhall e Wulling. Mais informação sobre a companhia e as suas subsidiárias, incluindo o OnStar, líder mundial em segurança e informação automóvel, disponível em http://www.gm.com.

Bioservo Technologies

A Bioservo Technologies AB é líder em robótica aplicada à medicina, aliando o conhecimento médico das necessidades das pessoas a moderna tecnologia de robôs para criar produtos inovadores que aumentam a força. A premiada luva SEM Glove é usada como apoio aos movimentos de pessoas debilitadas a nível muscular ou que necessitam de força e resistência acrescida. A tecnologia SEM (Soft Extra Muscles), patenteada, está a ser utilizada em produtos inovadores numa série de projetos internacionais, incluindo o HandinMind de reabilitação física e o IronHand de facilitação de tarefas diárias. A tecnologia inédita tem origem no Instituto Real de Tecnologia da Suécia, KTH, e no Hospital Universitário Karolinska do mesmo país. Os projetos HandinMind e IronHand são parcialmente financiados pela União Europeia. A Bioservo Technologies AB tem sede e instalações de produção em Estocolmo, Suécia. Mais informações sobre a empresa em http://bioservo.com/en.