Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

Opel Astra estreia novos motores e nova série OPC Line

5/Jan/2017

  • Novo 1.6 Turbo, com injeção direta de gasolina, debita 200 cv
  • Novo 1.6 BiTurbo CDTI, a gasóleo, agora disponível na variante de cinco portas
  • Estreia da série OPC Line
Opel Astra

Com a estreia dos novos motores topo de gama 1.6 Turbo de 200 cv, a gasolina, e 1.6 BiTurbo CDTI de 160 cv, a gasóleo, fica completa a oferta de motorizações da gama Opel Astra. Para destacar o momento, a Opel lançou a série OPC Line, que será um exclusivo no novo 1.6 Turbo e surgirá em opção em outras motorizações.

 

O leque de motores do Opel Astra abrange agora um conjunto de três propulsores a gasolina - 1.0 Turbo (105 cv), 1.4 Turbo (150 cv) e o novo 1.6 Turbo (200 cv) - e quatro turbodiesel - 1.6 CDTI (95 cv), 1.6 CDTI (110 cv), 1.6 CDTI (136 cv) e 1.6 BiTurbo CDTI (160 cv). Todos pertencem à mais recente geração de motorizações da Opel.

 

O novo 1.6 Turbo, com injeção direta, constitui uma estreia absoluta na gama Astra, assumindo a posição de topo de gama nas opções a gasolina e, simultaneamente, de versão mais desportiva do modelo. Para marcar a diferença, o novo Astra 1.6 Turbo surge exclusivamente com o novo nível de equipamento OPC Line, dotado de para-choques de novo desenho, saias laterais e jantes de liga leve de 18 polegadas.

A estreia do topo de gama 1.6 Turbo de 200 cv

Opel Astra

O novo 1.6 Turbo pertence à mais recente geração de motores Opel, desenvolvida de acordo com novos padrões de elevada eficiência. A arquitetura de baixo peso e a aerodinâmica têm um papel crucial na linha de modelos Astra. O novo motor dá o seu contributo e assume particular destaque, nomeadamente através do recurso a alumínio para a construção do bloco e da cabeça, e através de sofisticados sistemas de distribuição e de alimentação.

 

O 1.6 Turbo ECOTEC de injeção direta e turbocompressor é o motor a gasolina mais potente da gama Astra. Com elevado débito de 200 cv de potência, possui bloco feito de alumínio capaz de suportar pressões nos cilindros na ordem de 130 bar. O impressionante binário de 300 Nm (com overboost) é um dos fatores que permitem ao novo Astra 1.6 Turbo OPC Line acelerar de zero a 100 km/h em apenas 7,0 segundos. A clássica recuperação 80-120 km/h em quinta velocidade cumpre-se num ápice de 6,9 segundos, sendo possível alcançar a velocidade máxima de 235 km/h.

 

Para além da notável capacidade de resposta, este potente motor impõe-se também pela progressividade e pela suavidade de funcionamento em todos regimes de rotação. Para alcançar isso, os engenheiros implementaram variadas otimizações nos sistemas de admissão e de escape - que possuem modernos sistemas de variador de fase - incluindo o desacoplamento da tampa da árvore de cames da cabeça do motor através de fixadores específicos e um sistema de vedação exclusivo. Apesar da injeção direta, foi possível reduzir substancialmente os níveis de ruído comparativamente ao motor anterior. Como consequência destas medidas ao nível da acústica, o motor é silencioso ao ‘ralenti’ e agradável ao ouvido em todas as outras situações, mesmo a alta velocidade e com regimes e cargas de motor elevadas.

 

Arquitetura leve e motores de última geração em toda a gama – é esta a combinação que faz do novo Opel Astra uma referência em economia e dinâmica. O novo 1.6 Turbo foi concebido para proporcionar elevadas ‘performances’ com reduzidas necessidades de combustível. O consumo médio em ciclo misto, de acordo com a norma NEDC, situa-se em apenas 6,1 l/100.

1.6 BiTurbo CDTI agora na variante de cinco portas

Opel Astra

Além da eficiência energética, o novo motor Diesel 1.6 BiTurbo CDTI evidencia-se pela capacidade de resposta, facto a que não é alheio o elevado binário máximo de 350 Nm obtido logo às 1500 rpm. O binário, a par do baixo peso, permite ao BiTurbo ganhar velocidade de forma resoluta, mesmo a partir de regimes muito baixos. O motor de quatro cilindros com dois turbocompressores de funcionamento sequencial, em dois patamares, sobe de rotação com muita facilidade, de maneira suave e progressiva, até ao regime de 4000 rpm em que surge a potência máxima. A transmissão manual é de seis velocidades. Outra das características do novo propulsor da Opel é o funcionamento refinado, o que torna o habitáculo do Astra BiTurbo particularmente silencioso e confortável.

 

O novo turbodiesel topo de gama da Opel consegue acelerar o Astra de zero a 100 km/h em apenas 8,6 segundos. O elevado desempenho é confirmado também pela recuperação de 80 a 120 km/h em somente 7,5 segundos e pela velocidade máxima de 220 km/h. Apesar destes valores referenciais, a eficiência mantém-se como denominador comum de toda a gama Astra já que o consumo médio desta versão Diesel de topo situa-se em apenas 4,1 l/100 km (111 g/km de CO2) no ciclo misto NEDC.

A série OPC Line

Opel Astra

A nova versão OPC Line distingue-se exteriormente por para-choques dianteiro e traseiro de novo desenho, e saias laterais. Por dentro, como habitualmente nos modelos OPC, o forro do tejadilho e dos pilares é escuro, em vez de claro.

 

A incorporação dos novos para-choques faz o Astra parecer ainda mais baixo e largo. À frente, saltam à vista as grelhas sob os faróis, que reforçam o visual dinâmico. Aqui, as lamelas horizontais vão buscar o tema à grelha principal. Por seu turno, o para-choques traseiro é mais volumoso que os das restantes versões. A chapa de matrícula surge inserida numa concavidade profunda limitada por linhas vincadas, enquadrada por módulos que representam extratores de ar.

 

Como equipamento opcional, a Opel propõe o ‘pack’ OPC Line em dois níveis. O primeiro, com preço de 900 euros, inclui para-choques, saias laterais e forro de tejadilho negro. O mais completo custa 1250 euros e integra, além dos componentes anteriores, jantes específicas de liga leve de 18 polegadas e vidros traseiros escurecidos. Ambos os ‘packs’ podem ser encomendados nas versões Dynamic Sport e Innovation. O ‘pack’ OPC Line mais completo é de série na variante Astra com o novo motor 1.6 Turbo.

Inovação e tecnologia nos familiares compactos

Opel Astra

A nova geração Astra alia a eficiência à elegância e fixa novos referenciais no segmento dos familiares compactos graças à introdução de tecnologias inéditas nesta classe. Tanto o ‘hatchback’ como a ‘station wagon’ são até 200 kg mais leves que os modelos anteriores e proporcionam aos passageiros, especialmente aos dos lugares de trás, bastante mais espaço.

 

Para além do sistema Opel OnStar (assistência em viagem e em emergência, e ‘hotspot’ WiFi) e dos faróis de matriz de LED IntelliLux, ambos inéditos no segmento dos ‘compactos’, o novo Astra oferece uma série de outros sistemas de segurança, de assistência à condução e de conforto que se destacam nesta classe. A câmara dianteira Opel Eye de nova geração, que se estreia no novo Astra, oferece melhorias significativas. O sistema de Reconhecimento de Sinais de Trânsito combina as imagens da câmara e as informações do sistema de navegação para fornecer indicações ainda mais precisas. O Alerta de Saída de Faixa é enriquecido com a Assistência de Manutenção de Faixa que assegura a correção automática da direção no caso de o condutor sair inadvertidamente da sua faixa de rodagem. O Alerta de Colisão Iminente passa a apresentar também um LED refletido no para-brisas para além do sinal acústico e do ícone aceso no painel de instrumentos. Desta função faz parte a Assistência Integrada à Travagem e a Travagem Autónoma de Emergência, que trava automaticamente o veículo contribuindo assim para evitar colisões, ou reduzir a sua gravidade, a velocidades relativamente baixas (o sistema funciona a velocidades entre 8 km/h e 80 km/h - abaixo dos 40 km/h, poderá até imobilizar o veículo completamente).

 

No capítulo da ergonomia e do conforto assumem particular destaque os novos bancos certificados pela associação alemã de ergonomia AGR. Os bancos ergonómicos do novo Astra merecem referência especial. A Opel continua a disponibilizar bancos com índices referenciais de ergonomia, acrescentando agora novas características de conforto. Os novos bancos facultam 18 possibilidades de ajuste, apresentando funções de massagem, ventilação e regulação do apoio lateral – uma combinação única na classe dos familiares compactos. E os passageiros de trás podem também contar com mais conforto: para além de poderem usufruir de mais espaço para pernas, os dois bancos das extremidades estão disponíveis em opção com aquecimento.

Mais leve, mais económico e mais dinâmico

O visionário protótipo Monza Concept, apresentado no Salão Automóvel de Frankfurt de 2013, serviu de inspiração à décima primeira geração do ‘compacto’ da Opel. O Monza Concept deu uma perspetiva, naquela altura, das linhas mestras que orientariam os futuros modelos Opel. Um dos princípios bem evidentes foi a eficiência, em cada componente e cada elemento de ‘design’.

 

O Astra seguiu esta visão com rigor. Dependendo do modelo e do nível de equipamento, o Astra é até 200 kg – no mínimo 120 kg – mais leve que o antecessor. A nova arquitetura desempenha um papel importante na redução do peso. Cada componente foi concebido com este objetivo, no ‘design’ compacto e no baixo peso dos materiais. O peso da carroçaria, por si só, regista uma redução de 77 kg (superior a 20 por cento). Outras medidas adotadas ao nível do chassis traduziram-se num ‘emagrecimento’ adicional de 50 kg.

 

Contribuem para este resultado os aços ultrarresistentes de baixo peso, os quadros auxiliares compactos e as reduções de peso ao nível dos eixos dianteiro e traseiro. Para além disso, os engenheiros decidiram prescindir dos painéis integrais na parte inferior da carroçaria, optando por elementos de chassis otimizados do ponto de vista aerodinâmico. Outros exemplos do trabalho realizado ao nível de dimensões e de pesos são as projeções dianteira e traseira da carroçaria mais curtas e a redução de 25% obtida no peso do sistema de escape.

Mais espaço no habitáculo apesar de carroçaria mais compacta

A eficiência está expressa em nova interpretação das formas esculturais típicas da Opel. O abundante espaço disponível no habitáculo é uma característica elogiada no Astra, com os ocupantes a poderem usufruir de espaço acrescido para as pernas e de mais espaço em altura, apesar de o novo modelo ter menores dimensões exteriores que o anterior. Com um comprimento total de 4,37 metros, o novo Astra é quase 50 milímetros mais curto que o antecessor, ao passo que a largura foi reduzida em cinco milímetros para 1,81 metros (sem os espelhos retrovisores). Com uma altura de cerca de 1,48 metros, é também 2,5 centímetros mais baixo. A distância entre eixos do Astra pode ter sido reduzida em dois centímetros, mas a volumetria no habitáculo aumentou. Nomeadamente graças a novos bancos, os passageiros de trás podem contar com mais 35 milímetros de espaço para as pernas, com o que isso representa em acréscimo de conforto. E o condutor beneficia, entre outros, de 22 milímetros adicionais de espaço em altura.

 

A redução das dimensões exteriores tem impacto direto na aerodinâmica e na eficiência, com o novo Astra a ostentar um coeficiente de resistência ao ar inferior a 0,30.

 

O coeficiente de resistência ao ar de 0,285, ou seja, 0,040 pontos abaixo do anterior Astra, é um valor notável para um “dois volumes”.

 

No habitáculo sobressaem formas sofisticadamente atraentes, combinadas com materiais de elevada qualidade. Tudo isso é aliado a grande simplicidade funcional: os interruptores e os comandos mecânicos foram reduzidos ao mínimo, reforçando a eficiência e a facilidade de utilização que estão na essência do Astra. A peça central do habitáculo do novo Astra é o premiado sistema IntelliLink. A localização foi cuidadosamente pensada para assegurar uma panorâmica ideal do visor, a par da facilidade de alcance e utilização.

Expoente máximo da conectividade: Opel OnStar e IntelliLink

Todos os novos modelos da Opel seguem o princípio: a marca democratiza as tecnologias e inovações de segmentos superiores - a Opel torna as inovações acessíveis. Nomeadamente no que diz respeito à ligação ao mundo exterior. Os serviços de assistência em viagem e em emergência constituam estão ativos 365 dias por ano, disponíveis ao simples toque de uma tecla. Se um ‘airbag’ disparar, o sistema é acionado automaticamente alertando o Centro de Comando, o qual contacta os serviços de emergência em caso de necessidade. Este sistema tem ainda a vantagem de transformar o novo Astra num hotspot móvel Wi-Fi 4G,o qual assegura a ligação à Internet, em simultâneo, de sete dispositivos, desde ‘smartphones’ a ‘tablets’.

 

A acrescer a isto, no Astra há a assinalar duas versões de nova geração do infoentretenimento IntelliLink. O evoluído sistema traz o mundo dos ‘smartphones’ para o automóvel através dos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, integrando as funcionalidades a que os utilizadores de ‘smartphones’ mais recorrem.

Tecnologia avançada: faróis IntelliLux LED® de matriz de LED

Os faróis matriciais inteligentes IntelliLux LED® continuam a ser um exclusivo absoluto do Astra e da Opel entre os produtos generalistas no segmento, constituindo simultaneamente um elemento de segurança que merece inteiro destaque. A inovadora iluminação matricial integralmente formada por LED permite conduzir fora das zonas urbanas sempre com máximos que não encandeiam e estará disponível pela primeira vez no segmento dos familiares compactos graças ao Astra. Constituído por 16 grupos de LED – oito para cada farol – a nova tecnologia matricial adapta, constantemente e de forma automática, o comprimento e distribuição dos feixes luminosos a cada situação de trânsito. Quando a câmara deteta fontes de luz provenientes dos automóveis que circulam à frente ou em sentido contrário, os LED da zona relevante são desativados, "desligando" simplesmente a área que projeta luz na direção desses veículos. O resto da estrada e as zonas envolventes permanecem bem iluminadas. Com este grau de precisão e adaptação, os faróis de matriz de LED elevam a tecnologia de iluminação a um novo patamar.

A gama Astra

A gama Astra de cinco portas está distribuída por quatro níveis de equipamento: Edition, Business Edition, Dynamic Sport e Innovation. Denota um foco especial nos motores 1.0 Turbo de 105 cv de potência, a gasolina, e 1.6 CDTI de 95 e 110 cv, a gasóleo. O leque de opções 1.0 Turbo tem preços a partir de 21.010 euros, enquanto o turbodiesel de 1,6 litros está disponível desde 24.360 euros.

 

Todos os Opel Astra estão dotados de série de ar condicionado, volante forrado a couro, quatro vidros elétricos, fecho centralizado de portas com comando à distância, espelhos retrovisores com regulação elétrica e aquecimento, computador de bordo, programador de velocidade com limitador, rádio com entrada USB, sistema Bluetooth e integração de ‘smartphones’, e sistema de monitorização de pressão de pneus, entre outros. No capítulo da segurança, o equipamento de série integra controlo eletrónico de estabilidade ESP Plus, ABS com EBD, ‘airbags’ frontais, ‘airbags’ laterais’, ‘airbags’ de cortina e fixações Isofix para cadeiras de criança.

 

A Opel mantém-se fiel ao seu princípio de democratizar tecnologia avançada, oferecendo conjuntos de equipamento a preços ultracompetitivos. Registe-se, neste particular, o ‘Pack Matrix’ (faróis de matriz de LED, vidros traseiros escurecidos, banco rebatível 40/20/40) por 1700 euros, a câmara Opel Eye com múltiplas funções de apoio à condução (550 euros nos Edition / de série nos Dynamic Sport e Innovation) ou o ‘pack’ que associa rádio IntelliLink Navi 900 e ar condicionado bi-zona (695 euros nos Edition e Dynamic Sport / de série no Innovation). O sistema Opel OnStar (de série nos Dynamic Sport e Innovation) é opção nos Astra Edition, proposto por 490 euros.