Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

A FORMA DO FUTURO: CONCEPT-CAR FLEXTREME GT/E.

Estreia mundial no Salão Automóvel de Genebra 2010.

17/Fev/2010

  • Visão da marca: Design expressivo e performance ecológica
  • Versatilidade comprovada da revolucionária tecnologia E-REV da Opel

 

A Opel vai revelar o concept car Flextreme GT/E no Salão de Genebra (4 a 14 Março), com o qual apresenta as credenciais da marca para se tornar num líder em tecnologias amigas do ambiente. Resultando do rigor da engenharia alemã, o Flextreme GT/E conjuga forte apelo emocional com performance ecológica.

A electricidade desempenha um papel fundamental na estratégia que está a ser seguida pela Opel para reduzir a dependência dos combustíveis fósseis. O Flextreme GT/E de 4,7 metros de comprimento demonstra como é possível integrar a tecnologia de motorização eléctrica com extensão de autonomia (E-REV, Extended-Range Electric Vehicle) em veículos de grande ou média dimensão, bem como em modelos compactos como o futuro Ampera.

 

A Opel designa a sua estratégia por "e-mobility unlimited" ("mobilidade eléctrica ilimitada").


O plano consiste em adaptar o eficiente sistema de propulsão E-REV - que elimina as limitações colocadas pelos sistemas eléctricos alimentados exclusivamente através de baterias - a veículos de todos os segmentos de mercado.

 

O concept-car Flextreme GT/E mostra que, com a tecnologia E-REV, as dimensões do automóvel constituem um factor pouco importante.

 

O design estilizado do Flextreme GT/E permite alcançar um coeficiente de resistência aerodinâmica previsto de apenas 0,22, o que permite superar a barreira de 200 km/h de velocidade máxima, bem como economizar energia e aumentar a autonomia. De entre os elementos visuais destacam-se o porte baixo e largo, as luzes aladas na dianteira e na traseira, uma frente e uma grelha de estilo distinto, os pilares C "flutuantes".

 

«O Flextreme GT/E exibe a forma do futuro da Opel», afirma Frank Weber, Vice-Presidente para o Planeamento da Empresa e do Produto. «Ousado, expressivo e altamente eficiente, este concept car mostra a estratégia de produto que iremos aplicar aos nossos futuros modelos, sejam eles grandes ou pequenos, em todos os segmentos de mercado.»

Design exterior: expressão de eficiência combinada com emoção

As proporções estilo coupé do Flextreme GT/E exploram o potencial evolutivo da nova linguagem de design da Opel - arte escultural aliada à precisão alemã -, num conjunto optimizado e virado para a eficiência aerodinâmica.

 

O estilo simplificado da secção dianteira apresenta uma linha de capô baixa e uma frente avançada ladeada por faróis LED em forma de asa, que surgem encastrados nos guardalamas dianteiros e na linha do capô. A execução da nova grelha trapezoidal é simples, mas ousada. A proeminente barra cromada alada ostenta um grande emblema da Opel, que funciona igualmente como tomada para carregar a bateria do Flextreme GT/E.

 

A secção superior da grelha serve de entrada de ar de arrefecimento, sendo a parte inferior coberta por um painel translúcido. A ausência de outras entradas de ar cria uma secção frontal reduzida para assegurar a eficiência aerodinâmica, permitindo também que o Flextreme GT/E cumpra normas futuras relativas à protecção dos peões.

O capô, modelado com o típico vinco central da Opel, possui pequenas aberturas longitudinais de ambos os lados para permitir a saída de ar do compartimento dos motores. Os guarda-lamas e os arcos das rodas alongam-se para a parte lateral da carroçaria.

 

Visto de perfil, o Flextreme GT/E distingue-se pelos inovadores pilares C embutidos. Esta solução permite que a área vidrada se alongue até à retaguarda sob a linha arqueada do tejadilho, fazendo sobressair as linhas fluidas das partes laterais da carroçaria. O carácter dinâmico do automóvel é também sublinhado pela nova expressão da ‘lâmina’ da Opel, que já se tornaram típicas graças ao Insignia e ao Astra, agora uma original linha que parte da base do pilar 'C' para ir até ao guarda-lama dianteiro.

 

O acesso ao habitáculo é facilitado pela adopção de portas traseiras com dobradiças posteriores, uma evolução do sistema FlexDoors da Opel transposto da nova geração do monovolume Meriva. Para preservar a superfície lisa da carroçaria, os puxadores das portas foram substituídos por sensores de luz, os quais activam a abertura das portas quando são cobertos pela mão do condutor ou do passageiro. Para reduzir a turbulência do ar, os espelhos exteriores das portas dianteiras foram igualmente suprimidos, dando lugar a pequenas câmaras na base dos pilares 'A'.

 

Na secção traseira, a "linha de ombros" pronunciada envolve os arcos das rodas, o que destaca ainda mais o porte dinâmico do Flextreme GT/E. O estilo coupé é complementado por uma porta de bagageira muito inclinada até à traseira, onde foram colocadas luzes LED cuja forma se assemelha à dos faróis dianteiros. À imagem do que acontece no Insignia Sports Tourer, a porta da bagageira apresenta uma forma envolvente para facilitar o melhor acesso à bagageira. O espesso vidro traseiro é ligeiramente convexo para melhorar o fluxo de ar.

 

A transparência do painel de vidro do centro do tejadilho é variável. Permite que a luz solar aqueça o interior do veículo no frio do Inverno, mas escurece para filtrar os raios solares durante o Verão. A entrada de ar existente na extremidade traseira do tejadilho destina-se a ajudar a arrefecer a bateria e os componentes electrónicos.

Gestão do fluxo de ar e redução do peso

Uma das características do visual expressivo do Flextreme GT/E é a execução do design orientado para a eficiência aerodinâmica. A reduzida área frontal, a baixa altura do tejadilho (1308 mm) e as superfícies contínuas da carroçaria e o fundo totalmente carenado permitem que o automóvel penetre no ar minimizando a turbulência.

 

Foram adoptadas várias medidas para optimizar o fluxo de ar em torno do Flextreme GT/E. As rodas de 21 polegadas de diâmetro são relativamente estreitas, para reduzir a resistência do vento, e estão equipadas com pneus 195/45 de baixa resistência ao rolamento.

 

A entrada de ar mínima na dianteira melhora o fluxo de ar em torno da frente do veículo.

 

A secção inferior traseira da carroçaria eleva-se, tipo extractor de ar, para reduzir ainda mais a resistência aerodinâmica.

 

O Flextreme GT/E explora também o potencial da mudança activa de forma. Acima de 50 km/h, são accionados automaticamente painéis laterais que se estendem para trás, ao longo da carroçaria, a partir das saídas de ar situadas nos guarda-lamas traseiros. Com 350 mm de comprimento, estes estabilizadores laterais fazem com que o fluxo de ar acelerado contorne os cantos traseiros do veículo, minorando ainda mais a turbulência.

 

Entre as medidas de redução do peso da carroçaria estão a utilização de painéis exteriores leves feitos de materiais compósitos de carbono, os vidros de policarbonato e os componentes estruturais em liga de alumínio. Comparativamente aos materiais convencionais, estes materiais permitem diminuir o peso em 40 por cento, contribuindo assim para reduzir o consumo de energia e aumentar a autonomia do automóvel.

Sistema de motorização inovador

O concept-car da Opel está equipado com o revolucionário sistema de propulsão E-REV da GM, desenvolvido para se estrear no novo Opel Ampera. O Flextreme GT/E demonstra que esta tecnologia é suficientemente versátil para ser integrada num veículo maior, do segmento médio-superior.

 

Apesar das maiores dimensões e de poder circular a velocidades superiores a 200 km/h, o Flextreme GT/E foi projectado para proporcionar um desempenho semelhante ao do Ampera: uma autonomia de 60 km com alimentação através da bateria - com zero emissões de CO2 – que se alarga para mais de 500 km graças ao gerador de electricidade instalado a bordo. Neste modo de funcionamento, o consumo médio de combustível está estimado em 1,6 litros/100 km, com emissões de CO2 inferiores a 40 g/km.

 

Ao contrário do que acontece num veículo híbrido, as rodas do Flextreme GT/E são permanentemente accionadas por um motor eléctrico. Para fazer viagens curtas até 60 quilómetros, a energia é fornecida por uma bateria de iões de lítio, com formato em ‘T’, instalada sob o piso e o banco traseiro do automóvel.

 

No entanto, contrariamente a um veículo eléctrico a bateria, o Flextreme GT/E afasta quaisquer preocupações com a autonomia e o receio de o veículo ficar parado sem electricidade para se deslocar. Assim que a carga da bateria se esgota, entra automaticamente em funcionamento um pequeno motor/gerador a gasolina para fornecer energia eléctrica ao veículo. Neste modo de funcionamento, a autonomia cresce para mais de 500 km até a bateria ser recarregada ou o depósito de combustível ser reabastecido. O motor eléctrico do sistema de propulsão eléctrica gera uns significativos 370 Nm de binário instantâneo, permitindo uma aceleração dos 0 aos 100 km/h inferior a 9 segundos.

 

O concept-car Flextreme GT/E representa mais um passo em frente na estratégia de electrificação do automóvel actualmente seguida pela Opel, que inclui uma vasta linha de produtos equipados com tecnologias de propulsão eléctrica a bateria, eléctrica com extensor de autonomia, híbrida e eléctrica com pilha de combustível a hidrogénio.

Opel Flextreme GT/E: Principais Características Técnicas

 

Carroçaria 
 
 Coeficiente aerodinâmico
0.22
 Tipo
Coupé de 5 portas e 4 lugares, do segmento médio superior
 Dimensões exteriores
 
 Via traseira (mm)
 1600
 Comprimento (mm)
 4762
 Largura (mm)
 1308
 Altura (mm)
 1871
 Distância entre eixos (mm)
 2900
 Via dianteira (mm)
 1600
 Rodas
 
 Pneus
 195/45 R 21, de baixa resistência ao rolamento
 Jantes
 21 polegadas
Motorização
 
Tipo de motor
4-cil. 1.4 litros, a gasolina (combustão interna)
Tipo
Eléctrica permanente, às rodas dianteiras

Sistema de bateria:

Tipo
Geração avançada de iões de lítio (espinel de manganésio)
Capacidade
16 kWh
Voltagem nominal
350 V
Recarga a bordo
3.3 kW
Tempo de recarga a 100% (230V outlet)
< 3.0 horas

Motor eléctrico:

Potência máxima
120 kW
Binário
370 Nm

Gerador:

Potência
53 kW (em pico)
Performance

Velocidade máxima
> 200 km/h
Autonomia em modo eléctrico
60 km
Autonomia total (com gerador em funcionamento)
> 500 km
Emissões CO2, ciclo combinado (est.)
< 40 g/km
Aceleração dos 0 – 100 km/h
< 9.0 segundos