Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

PRIMEIRO OPEL AMPERA EM PORTUGAL FOI ENTREGUE À BRISA.

3/Abr/2012

Primeiro Opel Ampera em Portugal foi entregue à Brisa

A Opel procedeu à entrega do primeiro modelo elétrico Ampera em Portugal a um cliente empresarial português. A prioridade coube à Brisa Auto-estradas de Portugal, a maior empresa nacional de infraestruturas de transporte. Detentora de uma frota em que novos conceitos de motorização têm ganho peso nos últimos anos, a Brisa passa, com o novo Ampera, a utilizar a mais recente tecnologia de motorização elétrica com extensor de autonomia.


O Opel Ampera é o primeiro automóvel elétrico na Europa que pode ‘ir a qualquer lado, em qualquer altura’, garantindo entre 40 e 80 quilómetros de condução com eletricidade armazenada na bateria de iões de lítio, e mais de 500 quilómetros com eletricidade produzida a bordo pelo motor-gerador do extensor de autonomia.


«A Brisa tem um foco muito forte na eficiência operacional, económica e ambiental. As nossas opções na gestão de frota reflectem, também, esse objectivo. Desde 2004, temos testado diferentes soluções alternativas ao tradicional motor de combustão interna. Temos uma grande expectativa quanto ao desempenho do Opel Ampera nas condições de utilização muito exigentes da nossa actividade», sublinhou Carlos Salazar de Sousa, Diretor-Coordenador da Brisa, que recebeu as chaves do novíssimo Ampera das mãos do Diretor Comercial da Opel Portugal, Armando Carneiro Gomes.


«Ficámos muito satisfeitos com o interesse da Brisa pelo Opel Ampera. Também pelo simbolismo, é um prazer especial entregar a primeira unidade à empresa líder de auto-estradas, terreno onde o Ampera se sente à vontade. O Ampera é o primeiro automóvel elétrico que pode fazer viagens longas sem ter que parar durante horas para recarregar a bateria», explicou Armando Carneiro Gomes.


Em Portugal, a Brisa opera seis concessões com um total de 17 auto-estradas, que servem os principais eixos rodoviários nacionais, numa extensão de 1648 quilómetros.


O Opel Ampera é o primeiro automóvel elétrico com tecnologia de extensão de autonomia. O sofisticado sistema de motorização integra uma bateria de iões de lítio com 16 kWh de capacidade, um extensor de autonomia com motor-gerador que produz eletricidade a bordo, e um motor elétrico de tração que debita 111 kW (150 cv) de potência e 370 Nm de binário instantâneo. A bateria tem capacidade para conferir ao Ampera uma autonomia entre 40 a 80 quilómetros, sem produzir emissões. Quando a carga se esgota é ligado automaticamente o extensor de autonomia, composto por um gerador acionado por um motor térmico a gasolina, que passa a alimentar o motor elétrico de tração. Este gerador permite que o Ampera percorra mais de 500 quilómetros sem parar para recarregar. Em qualquer dos modos de funcionamento, as rodas são movidas pelo motor elétrico.


Registe-se que, de acordo com estudos europeus, a vasta maioria dos condutores que utiliza automóvel nas deslocações pendulares percorre menos de 60 quilómetros por dia. Assim, o Opel Ampera pode ser utilizado diariamente com eletricidade alimentada pela bateria, oferecendo ao condutor a garantia adicional de que, em qualquer altura, pode efetuar deslocações mais longas sem correr o risco de ficar parado na estrada. O Ampera é, na verdade, o primeiro automóvel elétrico que não impõe mudanças de hábitos face aos automóveis convencionais, podendo figurar como carro único num agregado familiar.


A bateria do Ampera recebe uma recarga completa em quatro a seis horas, a partir de qualquer tomada de tipo doméstico. Graças à eficiência do motor elétrico e ao facto de o binário máximo estar disponível logo nas primeiras rotações, o modelo elétrico da Opel oferece prestações de elevado nível. O Ampera consegue acelerar de zero a 100 km/h em cerca de 9 segundos e atinge a velocidade máxima de 161 km/h.