Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

CHASSIS DO NOVO OPEL MOKKA: SUV COM ENGENHARIA ALEMÃ.

18/Jun/2012

  • Sistema de tração integral adapta-se automaticamente às condições da estrada;
  • Chassis projetado para utilização urbana e capacidade adicional de ‘off-road’;
  • Conforto e segurança garantidos por suspensão e sistema de travagem otimizados.
Chassis do novo Opel Mokka: SUV com engenharia alemã

Os engenheiros da Opel completaram a validação final em estrada do novo SUV da marca, o modelo Mokka.

 

Os testes foram realizados na Alemanha e concluídos com sucesso, com vista à comercialização na Europa no final deste ano.

 

O sofisticado chassis do Mokka, cuja engenharia foi desenvolvida na sede da Opel em Rüsselsheim, está concebido para ir ao encontro dos padrões europeus.

 

Com dimensões compactas, o Mokka ajusta-se especialmente a estilos de vida predominantemente urbanos mas consegue enfrentar caminhos mais exigentes, incluindo ‘todo-o-terreno’.

 

«O nosso novo SUV possui componentes chave desenvolvidos na Alemanha, nomeadamente os motores e as transmissões, além de chassis, travões, ESP, sistema de tração AWD, tratamento acústico, escape, bancos e muitos outros», explica Ulrich Schmalohr, executivo responsável pelo modelo. «O design, o desempenho, a qualidade e a tecnologia estão ao nível dos padrões que as pessoas esperam de um Opel atual.»

Tração integral ‘inteligente’

Chassis do novo Opel Mokka: SUV com engenharia alemã

Para além de versões com tração dianteira, o Mokka possui variantes com tração integral AWD que lhe conferem capacidades dinâmicas e de tração acrescidas.

 

A tecnologia AWD, com controlo eletrónico, destaca-se por ser extremamente eficiente.

 

Quando o automóvel circula em linha reta com boas condições de tração, como por exemplo em autoestrada, o sistema transmite a potência do motor apenas às rodas dianteiras. Desta forma, é maximizada a economia de combustível.

 

Em situações que requerem tração acrescida – o que depende de uma série de fatores, desde a aderência ao desenho da estrada e ao tipo de condução adotado – o sistema AWD transfere potência para as rodas traseiras, podendo atingir uma distribuição de 50-50 entre os eixos.

 

Esta transferência é feita de forma automática e impercetível para o condutor, produzindo efeitos imediatos na capacidade de tração e no comportamento dinâmico.

 

O sistema AWD do Opel Mokka, com todos os componentes, pesa apenas 65 kg, o que contribui para registar consumos mais baixos de combustível.

Chassis sofisticado eleva patamar dinâmico

Chassis do novo Opel Mokka: SUV com engenharia alemã

O chassis evoluído garante ao Mokka um elevado desempenho dinâmico, mesmo em condições de aderência difíceis.

 

A suspensão dianteira, de arquitetura McPherson já conhecida de outros modelos Opel, foi otimizada pelos engenheiros com o objetivo duplo de obter elevados padrões de comportamento em estrada e de assegurar o melhor isolamento de ruídos e vibrações.

 

As molas são capazes de compensar cargas laterais. Os apoios dos conjuntos mola-amortecedor possuem dois vetores de carga e os casquilhos que intervêm nas articulações são de construção especial.

 

Para a suspensão traseira, a engenharia da Opel escolheu um eixo de torção composto, moldado em forma de ‘U’, com apoios à frente das rodas. Este eixo possui configurações diferentes para as versões de tração dianteira e AWD.

Segurança acrescida

O sistema de travagem possui quatro discos e foi concebido para resistir ao calor e à fadiga.

 

Por seu turno, o ESP da mais recente geração integra funções especiais como o apoio ao arranque em subidas (HSA, Hill Start Assist) e o controlo em descidas (HDC, Hill Descent Control).

 

Este último permite manter uma velocidade constante em descidas íngremes, controlando a tração de cada roda e impedindo que o automóvel ultrapasse a velocidade de 20 km/h.

 

A direção é assistida eletricamente. O sistema EPS, da última evolução, faculta maior progressividade e oferece superior transmissão de informação ao condutor sobre o trabalho das rodas dianteiras

Estreia no segmento dos SUV compactos

O novo Mokka alarga a gama de produtos da Opel, assinalando a entrada do primeiro fabricante de automóveis alemão no segmento dos SUV compactos.

 

Apesar de medir 4,28 metros, o Mokka tem um habitáculo espaçoso que acomoda confortavelmente cinco ocupantes, sentados em posição elevada.

 

O modelo alia um design atraente a tecnologias inovadoras que antes só estavam disponíveis em veículos de segmentos superiores.

 

O novo SUV da Opel oferecerá três motores à escolha, todos equipados com tecnologia Start/Stop. O 1.6 ‘atmosférico’, a gasolina, debita 115 cv de potência e 155 Nm de binário. Num patamar acima, ainda a gasolina, o 1.4 Turbo disponibiliza 140 cv e 200 Nm. A proposta turbodiesel é constituída pelo 1.7 CDTI de 130 cv e 300 Nm, que se destaca por baixos consumos e emissões.