Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

ESTATÍSTICAS DE FIABILIDADE DA ADAC COLOCAM OPEL EM DESTAQUE.

7/Mai/2012

  • Opel Meriva é o melhor monovolume pequeno;
  • Insignia, Zafira, Astra e Corsa obtiveram posições de topo com resultados acima da média.
Opel Meriva é o "campeão da versatilidade"

Cinco modelos da gama Opel obtiveram resultados acima da média nas mais recentes Estatísticas de Fiabilidade de 2011 do ADAC (Automóvel Clube Alemão).

 

As unidades do modelo Meriva matriculadas entre 2006 e 2011 destacaram-se especialmente neste estudo, alcançando resultados de topo para cada um dos respetivos anos.

 

O pequeno monovolume da Opel, reconhecido como ‘campeão da versatilidade’, cotou-se como o modelo com um índice de incidência de avarias substancialmente abaixo da média.

Opel Corsa

O Opel Corsa alcançou também um resultado de topo ao receber a melhor pontuação atribuída pela ADAC para os anos de matrícula de 2007 a 2009, e também 2011.

 

Entre os automóveis com matrículas de 2006 e 2010 o popular modelo da gama Opel averbou a segunda posição.

 

Este resultado surge na sequência da melhor classificação na tabela geral alcançada no Relatório de Falhas de 2010 da DEKRA, no qual o Corsa obteve o índice mais baixo de avarias entre todos os veículos testados.

Opel Astra Sports Tourer

O familiar compacto Astra, por seu turno, obteve o melhor grau de avaliação nas Estatísticas de Fiabilidade da ADAC. Também o Astra havia obtido o melhor resultado no Relatório de Automóveis Usados da DEKRA para 2012, destacando-se como o automóvel com menor incidência de avarias.

 

Os monovolumes Zafira matriculados em 2009 e 2011, bem como os Insignia de 2011, também sobressaíram pelos melhores motivos na avaliação do ADAC.

 

O ADAC publica estudos estatísticos de fiabilidade desde 1978. Este ano o trabalho incidiu sobre 230.000 avarias num universo superior a quatro milhões, nas quais o ADAC foi chamado a intervir. As estatísticas abrangem automóveis matriculados nos últimos seis anos na Alemanha, considerando mais de 92 modelos diferentes.