Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

Opel ‘Monza Concept’: a Opel amanhã.

21/Ago/2013

  • Monza Concept’ dá pistas sobre a estratégia da Opel para o futuro;
  • Otimização do espaço, baixo peso e motorizações inovadoras;
  • Sistema revolucionário de informação e entretenimento, com projeção LED;
  • Nova interpretação da linguagem de design da Opel.
Opel Monza Concept: a Opel amanhã

Linhas atraentes e tecnologia inédita, a par de conetividade com o exterior e conceito modular de sistemas sustentáveis de motorização - são estas as linhas mestras que servem de base ao ultramoderno e eficiente ‘Monza Concept’.

 

O protótipo que a Opel vai revelar no Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt, no dia 12 de Setembro, serve de modelo para a próxima geração de automóveis do fabricante e dá pistas sobre o que a marca vai ser no futuro.

Opel Monza Concept: a Opel amanhã

«O ‘Monza Concept’ representa o Opel de amanhã», afirma o CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann. «Por um lado, mantém o que já caracteriza os nossos produtos – precisão alemã conjugada com tecnologias inovadoras, tudo envolto em formas cativantes. Mais além, foca-se nos temas que vão orientar o desenvolvimento da próxima geração de modelos da Opel: máxima conetividade e eficiência otimizada.»

 

Karl-Thomas Neumann continua: «A nossa proposta ao nível da conetividade é demonstrada através de inovadora tecnologia LED de projeção de informação, relativa aos instrumentos e ao sistema de informação e entretenimento. Do lado da eficiência, mostramos vários ângulos, desde o desenho de baixo peso até à otimização da utilização de espaço no habitáculo e tecnologia avançada de propulsão. O ‘Monza Concept’ assenta na crescente tendência de ‘eletrificação’ do automóvel na perspetiva da utilização diária, em várias vertentes que englobam tudo, desde extensor de autonomia até pilha de combustível ‘fuel cell’. E no que toca ao estilo, estamos a mostrar pura eficiência em linhas que reinterpretam as formas esculturais que nos são características. Nada menos, o ‘Monza Concept’ é a nossa visão do automóvel do futuro.»

Linhas elegantes em vez de músculo

Opel Monza Concept: a Opel amanhã

A designação Monza já tinha sido utilizada pela Opel no Salão de Frankfurt de 1977, para dar nome a um coupé de dimensões apreciáveis equipado com um suavíssimo motor de seis cilindros. De protótipo, esse Monza passou à produção e manteve-se no mercado até 1986, ganhando lugar no círculo da elite de automóveis emblemáticos.

 

Trinta e seis anos volvidos, o ‘Monza Concept’ segue pisadas semelhantes. Na secção dianteira destaca-se o capô com vinco central e guarda-lamas salientes. A grelha, que possui uma elegante barra cromada que suporta o logótipo da Opel, está ladeada por grandes entradas de ar estilizadas com o formato de ‘boomerang’.

 

No ‘Monza Concept’, a equipa do designer Mark Adams criou uma nova interpretação da linguagem de design ‘arte escultural aliada à precisão alemã’, que havia entrado em produção a partir do modelo Insignia. Determinadas linhas bem marcadas, precisão nos detalhes e formas envolventes continuam a ser o fulcro desta nova evolução da filosofia de design da Opel. Mas há agora maior foco numa postura que evidencia a eficiência geral do automóvel.

 

«Este é o nosso próximo passo na direção do futuro, mas fazemo-lo numa linha de continuidade que é consistente com o passado», explica Mark Adams, chefe do Design da Opel.

Opel Monza Concept: a Opel amanhã

As formas esculturais deste automóvel de quatro lugares com 4,69 metros inspiram-se nas ondas do oceano quando se espraiam na costa. As superfícies suaves transmitem uma impressão de leveza que é sublinhada pelos arcos salientes dos guarda-lamas e pela forma como parecem separar-se da carroçaria.

 

«O ‘Monza Concept’ quase parece correr elegantemente em bicos de pés».

 

A linha de tejadilho é especialmente sofisticada ao cobrir o habitáculo de forma arqueada tradicional mas recuperando ligeiramente altura quando se aproxima da secção traseira. Apesar da aparência dinâmica e de uma silhueta baixa que mede apenas 1,31 metros, o espaço não sai penalizado. A bagageira oferece 500 litros de capacidade e todos os ocupantes usufruem de altura mais que suficiente até ao tejadilho, já que a estrutura do habitáculo é, toda ela, cerca de 15 centímetros mais baixa do que a de modelos convencionais. O ‘Monza Concept’ oferece volumetria semelhante à de um familiar médio.

 

As grandes portas com abertura para cima, em compasso, proporcionam máxima funcionalidade, deixando enormes aberturas de acesso ao habitáculo também graças à ausência de pilares centrais (B).

Ligado à mobilidade do futuro

Opel Monza Concept: a Opel amanhã

A eficiência e a conetividade são duas das principais linhas que orientam a Opel no desenvolvimento de novos produtos. O ‘Monza Concept’ faculta um primeiro olhar fascinante sobre esses desenvolvimentos. Sentado ao volante, o condutor tem à sua frente um mundo completamente novo no que diz respeito a instrumentos e a informação e entretenimento.

 

Registe-se que o Monza original também estava muitos anos à frente do seu tempo, apresentando um inédito painel de instrumentos digital.

 

O ‘Monza Concept’ inova com tecnologia avançada de projeção LED. O ‘tabliê’ deixa de ser composto por ecrãs separados que mostram diferente informação; em vez disso, o condutor tem à sua frente um bloco de linhas envolventes, que vai de porta a porta e é utilizado como uma superfície única de projeção. Informação e elementos decorativos são apresentados nesta superfície, com elevado grau de personalização.

 

O sistema recorre a um total de 18 projetores LED que formam um ecrã multifuncional contínuo. Trata-se de um dispositivo inédito na indústria automóvel, embora seja conhecido de grandes espaços de espetáculos. Este tipo de tecnologia causou sensação em algumas ocasiões especiais como as celebrações do jubileu da rainha Isabel II.

 

Os engenheiros da Opel foram os primeiros a aplicar esta tecnologia num automóvel. O grafismo 3D impressiona e dá todas as informações de forma precisa, desde as que estão relacionadas com o automóvel até à Internet e opções de comunicação. O formato dos mostradores e do fundo pode ser configurado a gosto. Todos os comandos são efetuados através de voz ou de teclas no volante.

Opel Monza Concept: a Opel amanhã

Eficiência e clareza são prioridades. Quando chegou a altura de decidir sobre a forma como a informação iria ser apresentada, os engenheiros centraram atenções na melhor maneira de disponibilizar os dados relevantes ao condutor.

 

A abordagem foi “simplificar a multiplicidade’. Portanto, os detalhes sobre o funcionamento do automóvel, a navegação e as informações de ligação do smartphone só surgem quando é necessário ou solicitado.

 

Assim, o condutor pode aceder a uma vasta gama de informações sem ser sobrecarregado com textos ou imagens. Isto faz do ‘Monza Concept’ um modelo para o futuro dos sistemas HMI (Human-Machine Interface), já que todo o desenho desta tecnologia e do habitáculo basearam-se nos resultados das mais recentes investigações neste campo.

 

O mesmo se aplica às variadas possibilidades de ligação com o smartphone. O ‘Monza Concept’ oferece três ‘mundos’ de conectividade, designados ‘ME’ (Eu), ‘US’ (Nós) e ‘ALL’ (Todos). O condutor pode, assim, focar-se apenas na sua condução, entrar em contacto com amigos e família, ou ligar-se a toda a comunidade da Internet.

 

No modo ‘ME’, o sistema desliga virtualmente o smartphone do condutor e apresenta a informação relevante sobre o funcionamento do automóvel.

 

No modo ‘US’ torna-se possível estabelecer ligações à distância com outros dispositivos, os quais podem aceder ao sistema de informação e entretenimento do automóvel para trocar informações, música e imagens, comunicar em ‘chat’, fazer agendamentos, etc.

 

Finalmente, com o ‘ALL’ é possível estabelecer ligação em rede com todo o mundo virtual exterior. O condutor poderá, por exemplo, partilhar o seu itinerário programado no sistema de navegação, permitindo que outros o visualizem em tempo real num tablet ou num smartphone. Esta funcionalidade poderá vir a servir para um novo género de car sharing no futuro se o condutor estiver disposto a dar boleias.

 

Com esta tecnologia, o ‘Monza Concept’ mostra até onde as ideias dos engenheiros da Opel estão a alcançar no sentido de fazer do automóvel uma parte harmoniosa de um mundo cada vez mais ‘ligado’.

Opel Monza Concept: a Opel amanhã

A tecnologia do ‘Monza Concept’ ao nível de sensores e de conectividade oferece ainda mais possibilidades, nomeadamente nos campos de sistemas ‘Car-to-Car’ e ‘Car-to-X’, os quais constituem requisitos para futuras tecnologias de condução autónoma e outras soluções em que as equipas de pesquisa da Opel estão a trabalhar.

 

Ao ligar em rede os utilizadores das estradas, a capacidade acrescida de comunicação permite aumentar a segurança, antecipando e trocando informação mais precisa sobre potenciais problemas de tráfego.

Versatilidade: conceito modular aceita diversidade de motorizações

Opel Monza Concept: a Opel amanhã

O ‘Monza Concept’ baseia-se num desenho modular para permitir lançar mão de múltiplas soluções de motorização, incluindo uma variedade de sistemas de propulsão sustentável assentes em tração elétrica. Para o ‘Monza Concept’ que vai ser exibido em Frankfurt os engenheiros conceberam uma configuração de tração elétrica com extensor de autonomia alimentado a gás natural comprimido – um novo desenvolvimento da tecnologia pioneira do modelo elétrico Opel Ampera.

 

O novo tricilíndrico 1.0 SIDI Turbo que pertence à nova geração de motores da Opel - e que também fará a sua estreia no Salão de Frankfurt - assume o papel de extensor de autonomia, mas fá-lo recorrendo ao gás natural para reduzir ainda mais a pegada de CO2 do automóvel. Com uma abordagem visionária, a Opel continua a aliar o potencial da motorização elétrica às vantagens do motor de combustão interna.

«Temos uma visão clara de como vão ser os Opel do futuro e estamos a seguir uma estratégia bem definida que nos vai permitir cumprir esses objetivos. O ‘Monza Concept’ dá a esta estratégia uma identidade inconfundível», afirma Karl-Thomas Neumann.

 

«Este protótipo revela o que vai ser a Opel nos próximos anos, não apenas no que toca ao design, mas também em termos de eficiência e de conectividade entre condutores e a comunidade da Internet. Antecipando a vivência com o automóvel do futuro, serve como importante fonte de inspiração no caminho que nos levará lá – e não apenas para a Opel».