Newsletter Opel

Newsletter Opel

Receba as últimas informações sobre a Opel e os produtos e serviços Opel diretamente na sua caixa de correio eletrónico.

Registe-se agora!

Opel revela a nova geração Astra

1/Jun/2015

  • Novo modelo Astra será cerca de 200 kg mais leve que o atual;
  • Linha de motores formada exclusivamente por unidades da mais recente geração;
  • Exterior mais compacto e habitáculo mais espaçoso;
  • O primeiro modelo com sistema Opel OnStar;
  • IntelliLink R 4.0 compatível com Apple CarPlay e Android Auto;
  • Inédito nesta classe: faróis de matriz de LED IntelliLux LED®;
  • Várias tecnologias de assistência à condução vêm de classes superiores;
  • Bancos com massagem, ventilação e regulação da largura.
Novo Opel Astra

A presença, e o sucesso, da Opel na classe dos automóveis familiares compactos vem de 1936, ano em que a marca alemã lançou o primeiro modelo de uma longa linhagem Kadett, a qual viria a evoluir para a designação Astra na década de 90.

 

Quase oitenta anos volvidos, a décima primeira geração desta gama está prestes a ver a luz do dia. No total, a Opel produziu 24 milhões de Kadett e Astra e agora prepara-se para escrever um novo capítulo na História do seu ‘bestseller’.

 

A próxima geração Astra assenta numa nova arquitetura de baixo peso. Só terá motores da mais recente série, cujo lançamento se iniciou no final de 2013, e oferecerá equipamentos de tecnologia avançada que são habituais apenas em automóveis de classes superiores. O ‘design’ moderno é outra das características do novo modelo da Opel. O novo Astra alia eficiência e elegância. Tem estreia mundial marcada para o Salão de Frankfurt em setembro.

 

«O novo Astra reflete três valores decisivos: eficiência, inovação e desempenho dinâmico», afirma o CEO do Opel Group, Karl-Thomas Neumann. «Os nossos engenheiros começaram a trabalhar a partir de uma folha em branco. O novo Astra é 200 quilos mais leve que o atual e o visual moderno destaca-o claramente. É mais pequeno por fora, mas consideravelmente mais espaçoso e confortável por dentro. Sob o capô, terá apenas motores da nossa gama mais recente. E oferecerá várias tecnologias e sistemas de assistência, provenientes de segmentos superiores, que aumentarão o conforto e a segurança dos utilizadores, nomeadamente com os serviços de apoio e assistência Opel OnStar, a integração ultra moderna de ‘smartphones’ e o inédito sistema de faróis LED IntelliLux.»

Nova arquitetura

Novo Opel Astra

Mais leve, mais poupado em combustível, mais ágil e mais confortável, o novo Opel Astra inspira-se nas linhas do protótipo Monza, que a marca apresentou no Salão de Frankfurt de 2013. Naquela ocasião, Karl-Thomas Neumann disse que cada forma e cada elemento do Monza refletiam eficiência. O novo Astra segue exatamente a mesma visão.

 

Dependendo da versão e do equipamento, o novo modelo pode apresentar um peso total inferior em 200 kg por comparação com o atual. Mesmo na configuração menos favorável de motor/nível de equipamento, o ganho será de pelo menos 120 kg.

 

A arquitetura completamente nova em torno da qual o novo Astra está construído desempenha um papel fundamental no domínio da redução de peso. Cada componente foi desenvolvido a pensar em desenho compacto e materiais leves. Só o peso da carroçaria, no conjunto, foi reduzido em 20 por cento, de 357 para 280 kg. Outras intervenções ao nível do chassis, como o recurso a aços especiais ultra rígidos e sub-chassis mais compactos, renderam uma redução adicional de 50 kg.

 

Graças à construção de baixo peso, o comportamento em estrada e o conforto sobem vários patamares. O novo Astra está mais dinâmico, curva melhor e oferece melhor resposta.

Nova geração de motores

Novo Opel Astra

Sob o capô de cada Astra estará sempre um membro da mais recente geração de motores da Opel. O leque de potências vai de 95 cv a 200 cv. A gasolina ou a gasóleo, todos os propulsores têm um denominador comum: aliam eficiência a excelente capacidade de resposta e a suavidade de funcionamento.

 

No capítulo dos turbodiesel, o 1.6 CDTI vai estar disponível em várias versões, com patamares de potência diferentes, numa gama que se inicia em 95 cv.

 

Do lado dos motores a gasolina, a base será o 1.0 Turbo com injeção direta, com potência de 105 cv. Uma estreia sonante será o novo 1.4 ECOTEC Direct Injection Turbo, uma unidade de quatro cilindros da mesma família de potentes tricilíndricos que a Opel lançou há cerca de meio ano. O novo 1.4 Turbo possui bloco e cabeça em alumínio. Debita 145 cv e impressiona pela resposta pronta e pela elasticidade, mantendo baixos níveis de consumo de gasolina. O binário máximo é de 250 Nm, obtido logo muito cedo, mantendo-se constante entre as 1800 e as 4000 rpm. Isto diz bem do equilíbrio perfeito que os engenheiros encontraram entre ‘performance’ e eficiência. O 1.4 Turbo dá um contributo importante na onda de redução de peso do novo Astra a todos os níveis. Registe-se que só o bloco, feito de alumínio, pesa menos 10 kg que o bloco de ferro fundido do atual 1.4 Turbo.

Estilo e espaço

Novo Opel Astra

O ‘design’ do novo Astra, inspirado no protótipo Monza, caracteriza-se por linhas e formas atraentes, num conceito mais elegante do que musculado.

 

O logótipo centrado na nova barra da grelha e a ‘lâmina’ esculpida nos flancos identificam de imediato o novo modelo como parte da família Opel. Os faróis dianteiros integram-se com a grelha para formarem um único conjunto gráfico. Mas o pormenor mais original surge nos pilares C, criando a impressão de que o tejadilho está separado da carroçaria. Na traseira, a conjugação atraente entre sombras e luz é enfatizada pelo vinco horizontal que passa sobre o logótipo e une os grupos óticos.

 

O Astra não parece somente mais pequeno - é mais pequeno, de facto. Com um comprimento total de 4,37 metros, mede praticamente menos cinco centímetros que o modelo atual. A altura de 1,46 metros é também inferior em 2,6 centímetros. Naturalmente, as dimensões produzem efeito a nível aerodinâmico, domínio em que o novo Astra se destaca com um coeficiente inferior a 0.30.

Novo Opel Astra

Mais pequeno por fora e maior por dentro - os engenheiros da Opel conseguiram esta quadratura de círculo.

 

A distância entre eixos pode ter sido encurtada em dois centímetros mas, mesmo assim, a volumetria do habitáculo cresceu. Beneficiando de bancos dianteiros de novo desenho, os passageiros dos lugares de trás ganham 35 mm de comprimento para pernas. Aliás, a distância entre as fixações de banco de trás e bancos da frente foi aumentada, para garantir maior conforto.

 

A elevada qualidade de materiais e acabamentos, e o desenho harmonioso do tabliê transportam para o interior a mesma elegância do exterior. Na verdade, o habitáculo do novo Astra marca a estreia de uma nova geração de interiores da Opel, assente num novo conceito caracterizado por superfícies suaves e desimpedidas - facto também acentuado pelo número reduzido de comandos - onde se integra um grande ecrã tátil policromático na consola central.

Opel OnStar: expoente máximo da conetividade

Novo Opel Astra

Todos os novos modelos da Opel fazem jus ao mesmo princípio: a democratização de tecnologias oriundas de segmentos superiores.

 

Uma das tónicas da nova geração Astra está colocada na conetividade, cabendo a este modelo a estreia absoluta do sistema de ligação e assistência Opel OnStar. Na eventualidade de um acidente com ativação de ‘airbag’, o centro de comando do Opel OnStar é alertado automaticamente e um dos operadores estabelece de imediato contacto com o veículo para determinar se é necessário enviar ajuda. Se não houver resposta, o operador aciona imediatamente o envio de ajuda para o local. Esta é apenas uma das vantagens do novo sistema de conetividade e assistência da Opel.

 

Os serviços OnStar estão disponíveis 24 horas por dia, 365 dias por ano. A resposta da parte dos operadores é sempre pronta, seja por necessidade de assistência em estrada ou outro. Mas não é só. O OnStar transforma o novo Astra num ‘hotspot’ móvel de Wi-Fi 4G LTE, ao qual podem ser ligados até sete dispositivos móveis em simultâneo.

 

O novo Astra também tem honras de estreia de um novo sistema de informação e entretenimento IntelliLink. Trata-se de um aparelho que será compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, que permitem a integração de variadas funções e aplicações de ‘smartphones’. Esta é uma estreia no segmento dos familiares compactos.

 

Cada sistema assenta nas funcionalidades que são mais relevantes para os utilizadores de ‘smartphones’ quando conduzem.

 

O Android Auto está desenvolvido em torno do Google Maps, do Google Now e da capacidade de comunicar com o Google, ao mesmo tempo que dá acesso a um vasto leque de aplicações de áudio e de mensagens que inclui WhatsApp, Skype, Google Play Music, Spotify e leitores de ‘podcasts’. O sítio Android.com/auto mostra a lista completa de aplicações compatíveis.

 

O Apple CarPlay, por seu turno, seleciona várias aplicações e coloca-as acessíveis no ecrã tátil do automóvel ou através do comando de voz Siri. O condutor pode, assim, fazer e receber chamadas telefónicas, enviar e receber mensagens, bem como comandar fontes de música, de forma simples. O Apple CarPlay integra aplicações como Telefone, Mensagens, Mapas, Música e outras de fornecedores terceiros. A lista completa de aplicações está no sítio Apple.com/ios/carplay.

 

As funções são controladas através do grande ecrã tátil situado no topo da consola central (que terá até 8” de diagonal), ou com os comandos do volante, ou ainda por controlo de voz.

Novo Opel Astra

O sistema de faróis de matriz de LED IntelliLux é mais uma novidade absoluta na nova geração Astra. O sistema é formado por um total de 16 segmentos de LED - oito em cada farol - que ajustam permanentemente, de forma automática, o alcance e a distribuição do feixe de luz mediante as condições de tráfego.

 

A câmara dianteira Opel Eye faz a leitura do espaço e identifica outros veículos em movimento, enviando informação para cada segmento LED com instruções de desligar e ligar. A câmara deteta a posição de qualquer fonte de luz do tráfego que circula em sentido contrário e no mesmo sentido. Mediante essa posição (ou posições), o sistema desliga os LED individuais que lançam luz sobre a zona (ou zonas) em causa. Isso ocorre rápida e progressivamente, acompanhando o movimento dos outros veículos. Tudo o resto - estrada e bermas - permanece bem iluminado.

 

O sistema de matriz de LED oferece a máxima visibilidade possível ao condutor e a garantia de que quem circula em sentido contrário não sofre encandeamento. Em estrada, fora do ambiente urbano, os ‘máximos’ são acionados automaticamente e ficam sempre ligados. O ganho em segurança é considerável. À velocidade de 80 km/h, os condutores conseguem detetar obstáculos nas bermas cerca de 30 a 40 metros mais cedo quando utilizam o sistema de matriz de LED em vez dos faróis convencionais de halogéneo ou xénon, na posição de ‘médios’. Isso representa um ganho de cerca de 1,5 segundos para reagir em caso de necessidade.

 

O IntelliLux da Opel inova em todos os aspetos, nomeadamente em eficiência, segurança e conforto. A luz que emite é mais brilhante do que a de faróis convencionais. E todo o sistema apresenta maior durabilidade, que excede em muito o tempo médio de vida útil do automóvel. Além de o díodo durar mais tempo, ao contrário de dispositivos adaptativos bi-xénon o sistema não recorre a peças móveis. Na verdade, o princípio de funcionamento do IntelliLux assenta na simples ação de ligar e desligar LEDs.

 

Além do Opel OnStar e do IntelliLux LED, o próximo Opel Astra terá uma série de sistemas de assistência à condução, muitos deles sem rival no segmento. O sistema de Reconhecimento de Sinais de Trânsito, o Alerta de Desvio de Faixa, o Indicador de Distância para o Veículo da Frente e o Alerta de Colisão Dianteira Iminente com Travagem Ativa tornam o novo Astra simultaneamente mais confortável e mais seguro. Outros destaques vão para o Programador de Velocidade com Limitador e o sistema de estacionamento automático Advanced Park Assist. A câmara traseira de apoio ao estacionamento é ligada automaticamente assim que é engrenada a marcha-atrás. Os sensores do Alerta de Ângulo Cego detetam outros veículos que estão ocultos no ângulo cego dos retrovisores, até uma distância de três metros.

 

Os novos bancos do Astra têm o selo de certificação da associação de especialistas em ergonomia AGR. Na senda da tradição da Opel, estes bancos trazem novidades importantes no domínio do conforto. O condutor terá ao seu dispor 18 modos diferentes de regulação. Os dois bancos dianteiros têm funções de massagem, ventilação e regulação de largura. Por seu turno, aos passageiros do banco traseiro é oferecido conforto acrescido graças a um sistema de aquecimento.

 

O novo Opel Astra é mais confortável, mais seguro, mais atraente e mais moderno do que nunca. Está também mais leve, mais ágil, mais aerodinâmico e mais eficiente em todos os aspetos. O Astra revela, já este ano, o caminho que a Opel vai seguir no futuro.