Veículos elétricos

A família de veículos elétricos.

Os veículos elétricos abrangem um espectro - dos que são principalmente acionados mecanicamente aos que são movidos exclusivamente de modo elétrico:

Híbrido leve (mHEV).

Os híbridos leves são alimentados por um motor de combustão, aprimorado por um motor elétrico compacto (<20kW) como reforço adicional, por exemplo Sistema de recuperação de 48 volts. Suporta o motor de combustão para reduzir o consumo de combustível e fornecer um torque mais baixo. Os híbridos leves não têm um modo de transporte exclusivamente elétrico.

Híbrido (sHEV).

Um veículo com um motor de combustão e um motor a bateria. É alimentado pelo motor de combustão, mas em velocidades baixas (até 50 km/h) e distâncias curtas (cerca de 3 km), também é possível a propulsão elétrica pura. A eletricidade necessária para operar o motor elétrico é produzida pelo motor de combustão.

Veículo elétrico híbrido plug-in (PHEV).

Como um autêntico Hybrid, os PHEVs podem operar a velocidades mais altas (até 130 km/h) e distâncias mais longas (cerca de 40 km) apenas com energia elétrica. O motor de combustão recarrega a bateria, se a energia for insuficiente. A bateria pode ser carregada por uma fonte de alimentação externa.

Veículo extensor de autonomia (E-REV).

Um veículo elétrico a bateria que inclui um pequeno motor de combustão auxiliar exclusivamente para recarregar a bateria. Ao contrário do híbrido plug-in, o extensor de autonomia não é capaz de operar o veículo mecanicamente.

Veículo elétrico a bateria (BEV).

Funciona exclusivamente com um motor elétrico alimentado por bateria, portanto, não é necessário combustível fóssil. A bateria é carregada por fontes de alimentação externas. 100% livre de emissões.

Veículos elétricos com células de combustível (FCEV).

O FCEV funciona apenas com um motor elétrico também, mas, em contraste com o BEV, a eletricidade é gerada por células de combustível de hidrogénio em vez de baterias. As células de combustível de hidrogénio geram eletricidade combinando hidrogénio com oxigénio. Como o BEV, o FCEV é 100% livre de emissões.

A Opel tem atualmente quatro veículos elétricos a bateria (Mokka-e, Corsa-e, Vivaro-e e Zafira-e Life) e um veículo elétrico híbrido Plug-in (o Grandland X Hybrid). Vamos ver as características mais importantes de cada tipo com mais atenção:

Os veículos 100% elétricos têm:
  • Um motor elétrico e uma bateria
  • A bateria é carregada com um cabo num posto de carregamento (privado/público)
  • Durante o funcionamento, a bateria também é carregada pela energia recuperada: a energia da travagem é convertida novamente em eletricidade, sempre que tira o pé do acelerador ou carrega nos travões
  • A autonomia média de condução depende fortemente do modelo do veículo, do comportamento de condução, das condições ambientais e da capacidade da bateria. Alguns veículos, como o Opel Corsa-e, podem atingir uma autonomia bem maior que 300 km com uma única carga, com base num dado ciclo de ensaio
  • Condução local com zero de emissões
 
Os veículos Híbridos Plug-in têm:
  • Um motor elétrico e bateria mais um motor de combustão, por exemplo 1.6T 200 cv2 no Grandland X Hybrid
  • Bateria carregavél através de cabo nas estações de carregamento (privadas / públicas) ou através de um motor de combustão interna
  • Durante a utilização do veículo a bateria também é carregada, com a energia de travagem que é convertida novamente em eletricidade, sempre que acelera ou trava
  • A autonomia média depende fortemente do modelo, comportamento de condução, condições ambientais e capacidade da bateria. Alguns modelos podem até conduzir mais de 40 km, com base num determinado ciclo de teste. A autonomia do Grandland X Hybrid é de até 59 km (WLTP)1
  • Condução com emissão zero no modo totalmente elétrico. A emissão de CO2 em modo híbrido para o Grandland X Hybrid é de até 32g/km (WLTP)2
 

Descubra o Grandland X Híbrido Plug-in aqui.

1 Os dados fornecidos foram determinados de acordo com a metodologia do procedimento de teste WLTP (R (EC) no 715/2007, R (EU) no 2017/1151). O uso quotidiano pode diferir e depende de vários fatores, em particular: estilo de condução pessoal, características do percurso, temperatura exterior, aquecimento / ar condicionado.

 

2 Consumo de combustível combinado 1,4l/km; Emissão de CO2 combinada 32g/km. Os dados de consumo de combustível e de emissão de CO2 foram determinados de acordo com a metodologia do procedimento de teste WLTP, e os valores relevantes são convertidos novamente em NEDC para permitir a comparação com outros veículos, de acordo com os regulamentos R (EC) No. 715/2007, R (EU ) N.º 2017/1153 e R (UE) n.º 2017/1151.