Três estreias da Opel no Salão de Frankfurt: novo Corsa, novo Astra e Grandland X híbrido ‘plug-in’

Três estreias da Opel no Salão de Frankfurt: novo Corsa, novo Astra e Grandland X híbrido ‘plug-in’.

12 de setembro de 2019
  • Sexta geração Opel Corsa inclui pela primeira vez uma versão elétrica;
  • A estreia do Astra mais eficiente e mais económico de sempre;
  • Grandland X Hybrid4 com 300 cv de potência e tração integral;
  • Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt decorre de 12 a 22 de setembro

 

 

O Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt abriu as portas ao público. No importante certame alemão, a Opel faz uma demonstração de como o futuro do automóvel é rico em variedade. A marca revela os novos Corsa, Astra e Grandland X Hybrid4 num ‘stand’ localizado no Hall 11 do centro de congressos Messe Frankfurt. A abertura foi muito concorrida e o CEO da Opel, Michael Lohscheller, aproveitou para anunciar que a marca apresentará uma nova geração de motorização elétrica com pilha de combustível a hidrogénio, que ficará disponível no novo Zafira Life. A inauguração da exposição mereceu a visita da ‘chanceler’ alemã Angela Merkel, que se demorou no ‘stand’ da Opel para inteirar-se dos avanços do fabricante alemão em mobilidade elétrica e em redução de emissões. A abertura do ‘stand’ ficou também marcada pela presença de Jürgen Klopp, treinador do Liverpool Football Club e embaixador da Opel.

 

Três estreias mundiais

Opel Corsa está mais moderno, dinâmico e eficiente do que nunca. Eficiência e ‘performance’ surgem a par nos novos motores a gasolina e Diesel desta sexta geração. A gama oferece um leque de potências de 75 cv a 130 cv, com consumos mistos NEDC1 de 4,6 a 3,2 l/100 km e emissões de 105 a 85 g/km; e WLTP2 de 6,4 a 4,0 l/100 km, 144 a 104 g/km. Pela primeira vez o Corsa surge numa versão com motorização elétrica, alimentada por uma bateria de 50 kWh, com motor elétrico de 136 cv e autonomia WLTP2 de 330 quilómetros. A economia de combustível e o comportamento dinâmico são características transversais a todas as opções de motorização.

 

Outro destaque da marca alemã em Frankfurt é o renovado Opel Astra. Com aerodinâmica referencial, uma nova geração de motores e novas transmissões, o Astra estabelece novos padrões em eficiência e em baixas emissões. Por comparação com o antecessor, as emissões apresentam reduções até 21 por cento. Por exemplo, o novo Astra 1.2 Turbo de 130 cv, com injeção direta de gasolina, revela consumos NEDC1 de apenas 5,3-5,2 l/100 km (urbano), 3,9-3,8 l/100 km (extraurbano) e 4,4-4,3 l/100 km (misto), com emissões de 101 a 99 g/km de CO2. Estes valores colocam o modelo alemão no topo da classe em matéria de economia e tornam-no no Astra mais eficiente de sempre.

 

A terceira estreia mundial é o Opel Grandland X Hybrid4, com tração integral. Este híbrido ‘plug-in’ combina um potente motor térmico 1.6 Turbo, a gasolina, com dois motores elétricos, num sistema de motorização capaz de debitar até 300 cv de potência. O valor preliminar de consumo WLTP2 (misto) é de 1,6 l/100 km, com emissão de 37 g/km de CO2 (NEDC1: 1,6 l/100 km, 36 g/km de CO2).

 

 

1 Os dados apresentados de consumos e emissões de CO2 são preliminares e foram determinados de acordo com a metodologia de testes WLTP. Os valores relevantes são transpostos para NEDC para permitir a comparação com outros veículos, de acordo com os regulamentos R (EC) No. 715/2017, R (EU) No. 2017/1153 e R (EU) No. 2017/1151. Estes dados preliminares podem divergir dos dados oficiais que constarão da homologação final.

2 Os dados apresentados de consumos e emissões de CO2 são preliminares e foram determinados de acordo com a metodologia de testes WLTP [R (EC) No. 715/2017, R (EU) No. 2017/1151]. Os documentos de homologação e Certificado de Conformidade ainda não estão disponíveis. Estes dados preliminares podem divergir dos dados oficiais que constarão da homologação final.