Motores mais eficientes: novo Opel Mokka alia prazer e modernidade

Motores mais eficientes: novo Opel Mokka alia prazer e modernidade

02 de setembro de 2020
  • Avançados motores a gasolina e Diesel: inovações para a condução em cidade e em estrada;
  • Novo Mokka inaugura a futura imagem da Opel e um ‘cockpit’ digital;
  • Nível de equipamento GS Line adiciona um ambiente desportivo;
  • Referência em iluminação: faróis IntelliLux de matriz de LED;
  • Bancos de elevada qualidade e conforto, forrados a couro, e função de massagem para o condutor;
  • Sistemas de informação e entretenimento compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto.

 

Depois do anúncio do novo Opel Mokka-e elétrico a bateria, a Opel revela agora o novo Mokka com motores de combustão interna da mais recente geração. Extremamente eficiente e mais compacto do que nunca, o novo Mokka é a combinação perfeita entre prazer e modernidade – tão à-vontade no trânsito da cidade como nas amplas autoestradas.

 

«O novo Opel Mokka engloba tudo o que a marca representa, no presente e no futuro», afirma o CEO da Opel, Michael Lohscheller. «Divertido de conduzir, eficiente e realmente inovador, o Mokka reflete, com exatidão, os nossos valores: uma marca emocionante, sociável e alemã. Os nossos clientes têm total liberdade de escolha na motorização do Mokka, seja com tração elétrica ou com um dos novos motores supereficientes

 

Apesar de um ligeiro aumento da distância entre eixos (+2,0 mm), o novo Mokka é 12,5 cm mais curto que o modelo anterior, mas oferece volume de bagageira semelhante, disponibilizando um máximo de 350 litros, e espaço confortável para cinco passageiros. O comprimento total da carroçaria de apenas 4,15 metros facilita as manobras e o estacionamento em zonas urbanas.

 

O ‘design’ do novo Mokka surpreende com proporções bem equilibradas e um visual marcante, caracterizado por projeções curtas e uma postura larga, com linhas desenhadas com precisão até ao mais ínfimo detalhe. O novo Mokka destaca-se por ser o primeiro modelo a apresentar o novo ‘rosto’ da marca e o painel de instrumentos totalmente digital de próxima geração: o Opel Vizor e o Opel Pure Panel, respetivamente. Alongado horizontalmente, o painel de instrumentos integra dois ecrãs panorâmicos. O ecrã em frente do condutor pode ter até 12 polegadas de diagonal. Para permitir uma utilização intuitiva e evitar distrações do condutor, os ‘designers’ da Opel mantiveram teclas convencionais para controlo de funções essenciais.

 

Com o nível de equipamento GS Line, a Opel propõe, pela primeira vez, uma versão mais desportiva do Mokka. Este novo nível de equipamento inclui um friso especial vermelho que acompanha o perfil do tejadilho, a nova frente Vizor em preto brilhante, elementos decorativos e emblemas exteriores em preto, em vez de cromado, tecido específico nos bancos dianteiros, inserções em vermelho no tabliê, jantes de liga leve com acabamento em preto e pintura bicolor com tejadilho e capô em preto.

 

Tecnologias inovadoras ao alcance de todos: novo Mokka segue tradição Opel

O novo Mokka mantém-se fiel à tradição que define a marca Opel, ao colocar à disposição da maioria dos consumidores tecnologias inovadoras que se encontram apenas em modelos de classes superiores. Estas tecnologias incluem sistemas sofisticados como o Programador de Velocidade Avançado (Advanced Cruise Control) e o sistema de Posicionamento Ativo na Faixa de Rodagem (Active Lane Positioning). Do lado da iluminação, o destaque vai para os faróis IntelliLux de matriz de LED®, formados por 14 elementos, tecnologia inédita nesta classe de veículos. Todas as versões do modelo Mokka possuem, de série, faróis LED à frente e atrás, travão de estacionamento elétrico e reconhecimento de sinais de trânsito. Está também disponível uma câmara traseira panorâmica de 180 graus.

 

O novo Mokka tem como base uma nova e eficiente versão da plataforma multi-energia CMP (Common Modular Platform). Este sistema modular de baixo peso oferece a máxima flexibilidade no desenvolvimento de veículos e é compatível com a utilização de propulsão totalmente elétrica a bateria, bem como de motores de combustão interna.

 

Na sede da Opel, em Rüsselsheim a equipa de engenheiros trabalhou com especial atenção na contenção do peso, poupando até 120 kg em relação à geração anterior. Simultaneamente, foi alcançado um aumento da rigidez da estrutura do automóvel, reforçando a resistência à torção até 30 por cento no caso da versão elétrica, que beneficia de uma estrutura de baterias integrada e posicionada sob o piso do habitáculo. As vantagens desta conceção de baixo peso são óbvias: o novo Mokka consome substancialmente menos energia e, simultaneamente, é muito mais ágil e dinâmico.

 

Novos motores: equilíbrio ideal entre eficiência e ‘performance’

A gama de motores a gasolina e Diesel do novo Opel Mokka abrange níveis de potência entre 100 cv e 130 cv. Consumos moderados e ‘performances’ de nível superior são duas características transversais a todas as motorizações.

 

  • O motor de acesso à gama é o 1.2 Turbo de 100 cv, com caixa manual de seis velocidades (valores provisórios de consumo NEDC1: misto 4,6 l/100km, 104 g/km CO2).
  • O nível superior de desempenho é assegurado pelo 1.2 Turbo de 130 cv. Apesar da potência superior, o consumo de combustível deste propulsor com bloco e cabeça em alumínio permanece moderado, seja com transmissão manual de seis velocidades ou com automática de oito velocidades (valores provisórios de consumo NEDC1: misto 4,5-4,8 l/100km, 103-111 g/km CO2).
 

Motores a gasolina com ampla disponibilidade de binário

A eficiência e o elevado desempenho são característicos dos novos motores a gasolina. O atrito interno e as respetivas perdas foram minimizadas. O turbocompressor reage rapidamente, criando pressão de forma imediata, o que resulta numa ampla disponibilidade de binário logo a partir dos regimes mais baixos. O binário máximo do motor 1.2 Turbo de 100 cv é de 205 Nm; o propulsor mais potente, de 130 cv, debita 230 Nm. Com a maior parte do binário máximo disponível ao longo de uma vasta faixa de rotações, ambos os motores se distinguem pela elevada capacidade de resposta. Pelo menos 95% do binário máximo está disponível entre as 1.500 e as 3.750 rpm, o que, em combinação com relações de caixa otimizadas e o baixo peso do automóvel, permite condução com rara destreza e excelente nível dinâmico.

 

O novo Opel Mokka 1.2 Turbo de 130 cv e transmissão manual consegue alcançar a velocidade máxima de 202 km/h2, registando a aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 9,2 segundos. Igualmente notável é o 1.2 Turbo de 100 cv. Capaz de chegar a 182 km/h de velocidade máxima, acelera dos 0 a 100 km/h em cerca de 11 segundos.

 

O 1.2 Turbo de 100 cv está associado a uma caixa manual de seis velocidades. No caso do 1.2 Turbo de 130 cv, é possível optar entre uma caixa manual de seis velocidades ou uma caixa automática de oito velocidades. Nesta sofisticada transmissão, os programas de passagens de caixa adaptativas e a tecnologia Quickshift constituem uma referência no segmento de mercado da Mokka. Os condutores podem efetuar passagens de caixa através das patilhas colocadas no volante, as quais fazem parte do equipamento de série.

 

High-tech e alta eficiência: 1.5 turbodiesel

Os dois motores a gasolina são acompanhados na gama da nova geração Mokka por um dinâmico motor turbodiesel de 1,5 litros associado a uma transmissão manual de seis velocidades. Com 110 cv de potência e um binário máximo de 250 Nm, o Mokka 1.5 Turbo D apresenta consumo de combustível NEDC1 misto de 3,8 l/100km e 100 g/km CO2 (valores provisórios).

 

Para um eficaz pós-tratamento dos gases de escape, o sistema de redução de emissões do motor Diesel – formado por um catalisador de oxidação passivo/absorvente de NOx, injetor de AdBlue, catalisador de redução seletiva SCR e filtro de partículas Diesel (DPF) – está agrupado numa única unidade compacta, colocada o mais próximo possível do motor.

 

O catalisador absorvente de NOx atua em arranques a frio, reduzindo as emissões de óxidos de azoto a temperaturas inferiores à temperatura de arranque do catalisador SCR.

 

Motores Mokka 1.2 Turbo 1.2 Turbo 1.2 Turbo 1.5 Diesel
Potência cv @ rpm 100 @ 5000 130 @ 5500 130 @ 5500 110 @ 3500
Binário (Nm @ rpm) 205 @ 1750 230 @ 1750 230 @ 1750 250 @ 1750
Emissões Euro 6d Euro 6d Euro 6d Euro 6d
Transmissão MT6 MT6 AT8 MT6
Consumo de combustível NEDC (l/100 km)1
Urbano 5,5 5,3 5,9 4,4
Extra-urbano 4,0 4,0 4,2 3,4
Combinado 4,6 l/100km 4,5 l/100km 4,8 l/100km 3,8 l/100km
- CO2 g/km 104 g/km 103 g/km 111 g/km 100 g/km
É possível optar por uma versão Opel Mokka-e elétrica a bateria graças à plataforma CMP (Common Modular Platform), que pode acolher uma ampla variedade de propulsores.

Líder no segmento: sistemas de assistência e tecnologia de iluminação high-tech

O novo Mokka chega ao segmento B dotado de importantes inovações que, até agora, apenas estavam disponíveis na classe de modelos de luxo. O alerta de colisão frontal com travagem automática de emergência e detecção de peões opera a velocidades acima de 5 km/h. Caso o Mokka se aproxime demasiadamente rápido de um veículo ou de um peão à sua frente, o sistema aciona um aviso sonoro e apresenta uma mensagem no painel de instrumentos. Se estiver iminente uma colisão, o sistema de travagem fica preparado e, se necessário, a travagem de emergência é acionada para minimizar os efeitos de uma eventual colisão. A velocidades inferiores a 30 km/h, o sistema pode levar o veículo a uma imobilização completa. Acima dos 30 km/h, a velocidade é reduzida e o condutor tem de travar ativamente.

 

O programador de velocidade adaptativo mantém uma distância predeterminada entre o Mokka e o veículo da frente, utilizando, para o efeito, sensores de radar e uma câmara. O sistema funciona a velocidades entre 30 e 180 km/h. A velocidade do veículo aumenta ou diminui para acompanhar o veículo da frente, mas não excederá a velocidade previamente programada pelo condutor. Nas versões com transmissão automática, o sistema oferece a funcionalidade adicional ‘stop and go’. Em situações de congestionamento de tráfego, o sistema tem capacidade para imobilizar totalmente o automóvel e acompanhar o veículo da frente.

 

A nova geração Mokka vem demonstrar, uma vez mais, que a Opel é líder indiscutível em tecnologia de iluminação. Todas as versões Mokka estão equipadas com luzes LED de última geração – desde as luzes diurnas com o grafismo característico da Opel, em formato de asa, aos faróis de nevoeiro dianteiros. Uma exclusividade absoluta neste segmento são os faróis IntelliLux de matriz de LED com um total de 14 elementos. Tal como no Opel Insignia, no Opel Astra e no novo Opel Corsa, este sistema de iluminação permite conduzir permanentemente em “máximos”. Para evitar o encandeamento dos condutores que circulam em sentido contrário ou à frente, os segmentos LED desligam-se individualmente em milésimos de segundo para retirar momentaneamente esses veículos do forte cone de luz. Ninguém fica encandeado, mas quem viaja no Mokka experimenta uma iluminação semelhante à de um estádio. Na traseira, a escolha pela tecnologia 100% LED permitiu aos ‘designers’ optar por óticas muito estreitas e alongadas, reforçando a imagem de ‘design’ de precisão e qualidade.

 

A qualidade dos bancos, em conforto e ergonomia, é já uma tradição da Opel. Estão disponíveis diversos modelos de bancos ergonómicos com regulação em seis vias, ajustáveis individualmente. Da lista de opções constam bancos desportivos em Alcantara e revestimentos clássicos em couro, soluções muito pouco habituais num veículo no segmento B. O nível máximo de bancos em couro inclui aquecimento, superfície perfurada e função de massagem para o condutor.

 

O condutor e o passageiro da frente podem colocar os seus smartphones numa base específica existente na consola central. Esta base oferece também a função de carregamento por indução (sem fios) para telefones compatíveis. Um tapete de borracha impede que os dispositivos deslizem. A nova gama de sistemas de informação e entretenimento oferece múltiplas opções de conetividade a todos os ocupantes do Mokka. Estão disponíveis os sistemas Multimedia Radio e Multimedia Navi, com ecrã tátil policromático de 7 polegadas, e o sistema topo de gama Multimedia Navi Pro, com ecrã tátil policromático de alta resolução de 10 polegadas. Os ecrãs estão integrados no novo Pure Panel da Opel, e orientados na direção do condutor.

 

Os sistemas multimédia compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto possuem comandos de voz integrados. O novo Mokka oferece igualmente o sistema OpelConnect, que disponibiliza serviços como navegação em tempo real 3, com informações de tráfego atualizadas, ligação direta à assistência em viagem em caso de avaria e função de chamada de emergência eCall, tornam as viagens ainda mais tranquilas para condutores e passageiros. Se os ‘airbags’ ou os tensores dos cintos de segurança forem acionados num acidente, o eCall estabelece automaticamente contato com os serviços de emergência locais.

 

 

1 Os valores preliminares enunciados de consumo e emissões de CO2 são determinados de acordo com o novo Procedimento Mundial Harmonizado de Teste de Veículos Ligeiros, WLTP (Regulamento EU 2017/948) e os dados relevantes são transpostos para NEDC no sentido de permitir a comparação com outros veículos. Estes valores não levam em consideração utilizações nem condições de condução específicas, equipamentos, e podem variar dependendo da dimensão dos pneus.

 

2 Valores provisórios

 

3 Os serviços LIVE Navigation estão disponíveis sem custos durante os primeiros 36 meses após ativação.