Produção da nova geração Opel Corsa já ultrapassou 300.000 unidades

Produção da nova geração Opel Corsa já ultrapassou 300.000 unidades

17 de março de 2021
O novo Corsa continua a revelar-se um garante de sucesso para a Opel. A mais recente geração deste modelo compacto atingiu já as 300 mil unidades produzidas, saídas da fábrica de Saragoça, em Espanha, chegando a clientes em todos os cantos do mundo. Desde o lançamento da atual geração Corsa, em novembro de 2019, o modelo tem-se revelado um verdadeiro caso de sucesso, vendo-se distinguido com diversos galardões, como, por exemplo, o troféu “Goldenes Lenkrad” (“Volante de Ouro”) em 2020 atribuído ao Corsa-e, totalmente elétrico, na Alemanha, impondo-se na muito popular categoria de modelos compactos.

Líder de vendas na Alemanha

O Corsa está a granjear enorme popularidade em vários mercados. Líder de vendas no seu segmento na Alemanha em 2020, estatuto que o modelo mais pequeno da gama Opel mantém durante o presente ano de 2021, continuando a liderar as tabelas de vendas alemãs, o novo Corsa também conseguiu ser, em determinados meses de 2020 e no conjunto de todos os segmentos, o modelo mais vendido em termos absolutos no Reino Unido, resultados que se têm repetido já este ano.

 

«O Corsa é um verdadeiro caso de sucesso para a marca Opel e a nova geração continua a longa tradição deste modelo. Com o Corsa e o novo Mokka, que está prestes a chegar aos nossos concessionários, oferecemos dois novos modelos competitivos em segmentos muito importantes, algo que nos dá um fortíssimo impulso», afirma o CEO da Opel, Michael Lohscheller.

 

Fora das fronteiras europeias, do Chile às Ilhas Reunião, de Marrocos à África do Sul, o Corsa também está em alta noutras paragens. As vendas internacionais do Corsa quase triplicaram em 2020, tendência que se tem mantido neste início de 2021, sendo que as vendas do modelo nas regiões do Médio Oriente, África, América Latina e Ásia/Pacífico mais que duplicaram nos dois primeiros meses de 2021, em comparação com todo o primeiro trimestre de 2020. O Corsa também desempenha um papel central nos novos planos de expansão da marca e, entre outras novidades, representará o regresso da Opel ao mercado japonês. Tudo isto faz do Corsa um importante pilar da ofensiva de exportação da Opel.

O Corsa é, igualmente, crucial na ampla ofensiva de eletrificação da Opel: nos dois primeiros meses do presente ano, venderam-se mais de 4000 unidades Corsa-e, cujos clientes particulares e empresariais valorizam os argumentos do modelo no que respeita à sua utilização no quotidiano.

 

A produção da unidade 300.000 da nova geração Corsa – um Corsa GS Line de cor branca – foi assinalada com a entrega do automóvel ao seu cliente no final da linha de montagem. O Diretor-Geral da Opel para Espanha e Portugal, Pedro Lazarino, afirmou: «Esta é a sexta geração de uma história de êxito que se iniciou em 1982. Desde então, o Corsa foi sempre uma proposta de referência num segmento-chave graças ao ‘design’ moderno, às inovações tecnológicas e ao espaço interior. Chegar às 300.000 unidades vendidas em pouco mais de um ano de comercialização, em circunstâncias tão difíceis como as que atravessamos, é uma boa prova do valor deste nosso produto.»  

Sistemas de topo em segurança e assistência à condução

O Opel Corsa garante aos clientes um acesso a tecnologias e a sistemas de assistência à condução que normalmente só estão disponíveis em modelos de segmentos superiores. Os equipamentos mais sofisticados incluem os faróis adaptativos IntelliLux de matriz de LED, que a Opel disponibiliza pela primeira vez neste segmento. Para além disso, este best-seller da sua classe está equipado com diversos avançados sistemas de assistência ao condutor: graças à sofisticada câmara dianteira, o reconhecimento de sinais de trânsito permite detetar uma ampla gama de informações, como as que são difundidas por painéis de LEDs. Os limites de velocidade memorizados no sistema aparecem no painel de instrumentos. O Alerta de Colisão Dianteira com Travagem Automática de Emergência e Detecção de Peões e Ciclistas está ativo em velocidades entre os 5 e os 85 km/h, aumentando consideravelmente a segurança, especialmente em situações de tráfego urbano mais denso. O Controlo de Velocidade Adaptativo adapta automaticamente a distância entre o Corsa e o veículo precedente, desacelerando ou acelerando, conforme as situações: se o veículo que o precede desacelerar, o Corsa também diminui a velocidade, podendo parar, se necessário, mas se a outra viatura retomar de novo a velocidade, o Corsa também acelera até à velocidade selecionada. O Assistente de Manutenção na Faixa aplica graduais correções na direção, podendo efetuar um suave movimento corretivo caso o automóvel saia da sua faixa de rodagem de forma não intencional. O Alerta de Ângulo Cego Lateral, a câmara de 180 graus e vários assistentes de estacionamento facilitam as manobras em cidade.

O Opel Corsa-e elétrico, especificamente, é um modelo compacto, ágil e adequado para uma utilização diária, fruto de uma autonomia até 337 km, de acordo com a norma WLTP1. A bateria de 50 kWh pode ser rapidamente recarregada até 80% da sua capacidade em apenas 30 minutos. O Corsa-e é compatível com todas as opções de carregamento – ‘wall box’, carregamento rápido ou cabo para tomadas domésticas – e a Opel oferece uma garantia para a bateria de oito anos/160.000 km.

 

1 Autonomia determinada de acordo com a norma de testes WLTP, (R (EC) No. 715/2007, R (EU) No. 2017/1151). A autonomia real pode variar em função das condições do quotidiano e depende de inúmeros fatores, como o estilo de condução individual, caraterísticas da via, temperatura exterior, utilização dos sistemas de aquecimento e ar condicionado, para além da ativação do pré-condicionamento térmico